Em busca de acordo, Oi e Anatel reduzem escopo das discussões no TCU

As negociações de Oi e Anatel perante o Tribunal de Contas da União (TCU) estão na reta final, e a expectativa é que até o dia 23 saia um acordo. No entanto, a definição pode não ser aquela esperada no início das conversas, quando a operadora pretendia resolver vários temas de uma só vez: a sustentabilidade da concessão, as perdas passadas por conta de alterações regulatórias, os bens reversíveis e a adaptação do regime público para o privado do STFC.

Conforme uma fonte a par das negociações, foi preciso reduzir o escopo das tratativas para focar apenas nos custos relacionados à adaptação da outorga de concessão para autorização.

O que se tem, até o momento, é a concordância de que dá para a operadora pagar pela adaptação – cerca de R$ 5 bilhões, como reportado pelo Tele.Síntese ontem – comprometendo-se a fazer os investimentos pelos próximos anos.

Os debates sobre o impacto regulatório na concessão e sua sustentabilidade, a busca do equilíbrio econômico-financeiro, deverão ser concluídos na arbitragem que a Oi travava antes de o caso ir parar na comissão de consenso do TCU. Ou seja, tal processo, que envolve a Advocacia-Geral da União e era travado na Corte Internacional de Arbitragem da Câmara de Comércio Internacional, será retomado. Tais negociações haviam sido suspensas pela Anatel, a pedido da empresa, até que as conversas na corte de contas se encerrassem.

Por trás desse desmembramento há o entendimento, apurou o Tele.Síntese, de que a tele tem chances de sair vencedora da arbitragem. Caso bem sucedida em seu pleito, obteria os recursos necessários para financiar os investimentos assumidos na migração da outorga da concessão e quiçá saldo adicional para outros investimentos.

Vale lembrar que Oi realiza no dia 25 de março a segunda chamada da assembleia de credores, adiada após argumentação da Anatel de que o acordo no TCU, a ser fechado dia 23, traria a visibilidade necessária para os bondholders e outros interessados votarem a melhor configuração de plano de recuperação. Com a retomada da arbitragem, ainda que a expectativa seja positiva para a tele, uma questão restaria em aberto.

O post Em busca de acordo, Oi e Anatel reduzem escopo das discussões no TCU apareceu primeiro em TeleSíntese.

Tags

Compartilhe

10 notícias mais importantes da semana (15/04 a 19/04)
Dono da Claro promete investimento de R$ 40 bilhões no Brasil; confira
Direitos do Consumidor no mundo digital são pautados pelo MCom; confira
Apple é obrigada a retirar WhatsApp e Threads da loja de apps na China
Itaú Unibanco lança função "transferir limites" para seus cartões
Dell Technologies expande armazenamento multicloud para aplicações de IA Azure
Malware mira usuários da Apple em 92 países
Com receita de R$ 555 milhões, Selbetti Tecnologia registra crescimento de 23%
Após o aporte do início do ano, Skyone adquire companhia por R$ 15 milhões e reforça presença em cloud
NovaRed e E-TRUST anunciam parceria para a oferta de gerenciamento de identidade e acessos