Windows 10 pede para usuários não instalarem o CCleaner

O Windows Defender, antivírus nativo do Windows 10, está apontando o CCleaner como “software potencialmente indesejado”. O app de limpeza e manutenção do computador é uma ferramenta extremamente popular, mas foi caracterizada como indesejada pela proteção do sistema da Microsoft.

Esse bloqueio não é alarmante: o Microsoft Defender — como foi renomeado após a atualização 2004 — notifica os usuários sobre a presença de programas indesejados mesmo se não encontrar indícios de atividade maliciosa. Entretanto, o aviso informa que o programa pode ser resultado de alguma instalação indesejada.

Leia mais…

Socialize-se!
%d blogueiros gostam disto: