Um Telecom expande rede e mira mercado de soluções digitais

Com foco no mercado B2B e de ISPs, a Um Telecom está investindo cerca de R$ 10 milhões na ampliação de seu backbone, com a implantação de  uma nova rota de cabos de fibra óptica de Recife até Aracaju, aumentando a capacidade e a disponibilidade na região, além de um anel óptico em outras cidades do estado. A ampliação do backbone também qualifica a rede para prestação de serviço na tecnologia 5G, afirma o CEO e fundador da empresa, Rui Gomes.

Até dezembro deste ano, a empresa prevê ainda a construção de uma rede metropolitana nas áreas urbanas da própria capital sergipana e de Fortaleza, assim como a iluminação das redes de fibra óptica partindo de Recife com destino a Fortaleza, Aracaju e Salvador. Antes disso, em novembro, lança o serviço de telefonia móvel virtual (MVNO), visando atender os ISPs que compram capacidade da Um Telecom.

A diversificação de serviços é a estratégia do provedor para deixar de ser apenas uma empresa de conectividade. O objetivo é transformar a Um Telecom em uma empresa de serviços digitais, afirma Gomes. E essa transformação já está acontecendo. Em julho, a empresa faturou mais com a venda de soluções que com disponibilidade de rede. O carro chefe dessa mudança foi a solução de vídeo cloud, que permite controle de acesso nas empresas e, de quebra, mede a temperatura dos visitantes. “É uma solução customizável”, adianta Gomes.

O empresário justifica a necessidade de mudança. Segundo ele, há pouco tempo, o preço do Mbps era de R$ 25 e hoje está em um pouco mais de R$ 3 . Ele conta o caso de uma empresa que atende, que mesmo com maior banda, a fatura mensal não passava de R$1,7 mil e conseguiu subir para R$ 6 mil, com a venda de solução digital e uso da nuvem privada. Em contrapartida, investimento em rede reduziu pouco no período. “É hora da virada”, enfatiza.

5G

Embora tenha participação pequena no mercado de varejo, a UM Telecom começa a estudar sua ampliação. Isto porque, pretende participar do leilão de frequências para 5G, previsto para o primeiro semestre de 2021. Segundo Rui Gomes, já há uma conversação com um provedor do Nordeste e outro do Sudeste para a formação de um consórcio. “A tecnologia é o futuro da conectividade e não podemos ficar de fora”, afirma.

Enquanto o leilão não chega, a UM Telecom está testando o Wi-Fi 6 com equipamento da Huawei, com resultados positivos. Também criou uma plataforma de TV paga, com canais da Viacom, que está fornecendo de graça para os ISPs, buscando a fidelização.

Para 2021, a empresa prevê a compra de um ativo de rede na região Sudeste e prevê um crescimento de 30% a 40%. “Estamos otimistas”, afirma Rui Gomes. Ele acredita que as empresas regionais terão capacidade de se revolucionar com o 5G, levando a tecnologia rapidamente para as pequenas cidades do Brasil.

Rede 

A ampliação do backbone de fibra óptica da UM Telecom na região; iluminação através da tecnologia DWDM, criada para otimizar o uso da rede de fibra que traz alta capacidade de transmissão; equipamentos; e infraestrutura de POP. Como estratégia de mercado, a empresa visa atender, inicialmente, os mercados de ISP, corporativo e governos, seguindo o mesmo padrão de sua matriz, em Recife. A empresa pode iluminar até 40 canais, com capacidade de até 8 Tbps.

 

The post Um Telecom expande rede e mira mercado de soluções digitais appeared first on Ponto ISP.

Socialize-se!
%d blogueiros gostam disto: