Rússia trará nova estação Glonass ao Brasil até o fim de 2020

Um contrato assinado pela Universidade Federal do Estado do Pará, a Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp) e a Roscosmos, corporação espacial russa, prevê a construção de uma nova estação de medição do sistema de navegação por satélite russo Glonass no Brasil, e a instalação deve entrar em operação no estado até o final de 2020. Esta será a quinta do tipo em território nacional, competindo com o já estabelecido GPS.

De acordo com Guennâdi Saenko, representante da companhia, “duas estações semelhantes já estão em funcionamento nas cidades de Recife (PE) e Santa Maria (RS); mais duas estações de tipos diferentes estão localizadas na universidade da capital brasileira (DF).” A novidade carregará novos sistemas de instrumentação de precisão BIS, desenvolvidos por especialistas da Corporação de Pesquisas e Produção para aprimorar o desempenho do sistema.

Leia mais…

Socialize-se!
%d blogueiros gostam disto: