Polícia descobre fábrica neonazista que imprimia armas em 3D

A polícia de Santa Cruz de Tenerife, na Espanha, encontrou uma fábrica clandestina que produzia armas com impressora 3D. A operação aconteceu em setembro de 2020, mas foi mantida em sigilo até o último domingo (18) por uma ordem judicial.

Segundo autoridades, o dono do armazém era capaz de imprimir novos canos de arma em apenas dois minutos. Ele já tinha, inclusive, uma réplica de rifle e outras armas prontas. Além disso, os policiais também encontraram material para produção de explosivos, materiais de guerrilha, livros envolvendo supremacia branca e com símbolos neonazistas.

Leia mais…

Socialize-se!
%d blogueiros gostam disto: