Pesquisadores encontraram um “Chernobyl” no mar da Noruega

Pesquisadores da Noruega descobriram, no último dia 8, que um submarino russo naufragado desde 1989 está emitindo radioatividade 100.000 vezes maior do que o normal — em uma amostra chegou a ser registrado um nível 800.000 vezes mais elevado que o regular. Jornais russos já chamam o caso de “Chernobyl no mar”.

O submarino carregava duas ogivas e dois reatores nucleares, fonte do vazamento, quando sofreu um incêndio que o fez naufragar a uma alta profundidade no Mar de Barents. A região é conhecida pela prática da pesca — as medições e estudos apontaram que não existe risco atual de ingerir um peixe dessa região.

Leia mais…


Source: Tecmundo

Socialize-se!
error

Admin AcessoWi-Fi.com

Administrador AcessoWi-Fi.com Técnico de Telecom HDC Telecom Técnico Grupo HD Center

%d blogueiros gostam disto: