Pesquisador de Harvard quer criar um Tinder genético – mas é uma boa ideia?


Se você começar a pesquisar sobre genética, em algum momento encontrará o nome George Church. O cara é um professor-celebridade sobre o assunto. Dono de uma vaga de pesquisador em Harvard (onde estuda nosso DNA desde 1984) e de um site feio pra caramba que lhe dá crédito por 143 patentes e coautoria de 515 estudos, o americano ganhou um status de bam-bam-bam genético.
Source: UOL Tecnologia

Socialize-se!

Admin AcessoWi-Fi.com

Administrador AcessoWi-Fi.com

%d blogueiros gostam disto: