Operadoras vão restringir compra de chips por CPF

Durante audiência pública da CPI das Fake News, realizada na quarta-feira (12), no Senado, as empresas do setor de telecomunicações foram solicitadas a intensificar suas medidas contra fraudes na aquisição de chips para celulares. Representantes da Oi, Tim, Vivo, Claro e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) se comprometeram a acatar com as determinações dos senadores. Nos próximos anos, as operadoras vão ter uma conexão com a Receita Federal para verificar se os CPFs de solicitantes de chips móveis estão válidos, exigir a digitalização de documentos dos usuários e restringir chips por CPF.

Referindo-se às medidas adotadas no ano passado, o superintendente de Controle de Obrigações da Anatel, Gustavo Santana, disse que, além da regularização que visa desabilitar as linhas ativadas de forma irregular, com o uso de CPFs que não foram autorizados por seus respectivos donos, é necessário criar restrições para impedir que o problema volte a se repetir.

Leia mais…



Source: Tecmundo

Socialize-se!

Admin AcessoWi-Fi.com

Administrador AcessoWi-Fi.com Técnico de Telecom HDC Telecom Técnico Grupo HD Center

%d blogueiros gostam disto: