Nintendo barra parcerias com a máfia japonesa

Já é de se esperar que grandes empresas desejam evitar a associação de sua marca com organizações criminosas, mas a Nintendo decidiu ir um passo além e criou uma cláusula especial em seus contratos para evitar isso. Como vários documentos sigilosos de certas companhias estão sendo vazados por causa de uma disputa recente entre a Apple e Epic Games, um dos contratos da Big N também acabou aparecendo na internet.

Embora boa parte do tal contrato ainda tenha partes censuradas para o público, toda a seção mencionando organizações criminosas vazou. Nesta parte, dá para ver que a Nintendo diz que se o provedor de conteúdo (ou seja, o desenvolvedor ou publicadora de um jogo, por exemplo) tiver sua base no Japão, ele não pode ser um parte de um grupo de forças antissociais ou de grupos focados em violência.

Leia mais…

Socialize-se!
%d blogueiros gostam disto: