Jovens acusados de crimes de ódio são pegos após login automático no WiFi

Quatro adolescentes — Joshua Shaffer, Seth Taylor, Matthew Lipp e Tyler Curtiss —, alunos de uma escola em Maryland, nos Estados Unidos, foram condenados por vandalismo e crimes de ódio porque não vivem sem celulares e uma rede WiFi por perto. A administração da escola os identificou porque seus celulares se conectaram à rede do campus na hora em que o grupo pichava a escola com palavras e imagens racistas, homofóbicas e antissemitas, poucos dias antes da formatura do ensino médio.

Ao chegar à Glenelg High pela manhã, o diretor David Burton (que é negro) viu suásticas, desenhos de pênis e as letras “KKK” (alusão ao grupo racista e supremacista branco Ku Klux Klan), além de palavrões ao lado de “judeus”, “bichas”, “pretos” e, por fim, “Burton”.

Leia mais…


Source: Tecmundo

Socialize-se!
error

Admin AcessoWi-Fi.com

Administrador AcessoWi-Fi.com Técnico de Telecom HDC Telecom Técnico Grupo HD Center

%d blogueiros gostam disto: