Hackers exploram falhas em VPN para espionar empresas de defesa

Hackers possivelmente apoiados pela China têm explorado falhas na rede virtual privada (VPN) da Pulse Secure, nos últimos meses, para espionar organizações ligadas à indústria da defesa dos Estados Unidos. O alerta foi dado nessa terça-feira (20) pela controladora da ferramenta.

De acordo com a empresa Ivanti, cibercriminosos usaram uma vulnerabilidade de dia zero desconhecida em dispositivos de VPN do seu pacote Pulse Connect Secure para invadir um “número muito limitado de clientes”.

Leia mais…

Socialize-se!
%d blogueiros gostam disto: