Gravidez, covid e jobs: ela viu a força da rede de programadoras que montou

A vida da programadora Melanie Miranda, 31, deu um giro ao descobrir a gravidez na mesma semana em que a quarentena começou no Estado de São Paulo. O medo da doença esteve presente nos últimos meses, mas uma rede de apoio formada por mulheres desenvolvedoras, que ela mesma ajudou a fortalecer, tem feito a diferença para ela nesse momento de incerteza.
Socialize-se!
%d blogueiros gostam disto: