Ferramenta da Anatel permite mapear cobertura de sinal da telefonia móvel

Já é possível conhecer a distribuição da cobertura do sinal da telefonia móvel no Brasil por meio de mapas interativos. É o que permite o Painel Cobertura Móvel, disponibilizado nesta segunda, 3, pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em seu portal na internet.

A nova ferramenta permite ao consumidor pesquisar a cobertura das operadoras móveis em seu município. A partir de mapas com as manchas de cobertura, ele pode verificar a existência de sinal 3G ou 4G da prestadora móvel na sua residência e em lugares por onde circula ou trabalha.

Com a ferramenta, é possível consultar a cobertura em todas as regiões do país. A Anatel lembra que capitais e demais regiões metropolitanas têm um maior percentual coberto pela telefonia e banda larga móvel em relação ao interior, mas que ainda assim podem possuir áreas não atendidas.

Base para políticas públicas

“É o empoderamento do consumidor através de transparência e informação”, diz o presidente da Anatel, Leonardo de Morais, sobre a disponibilização do Painel Cobertura Móvel. “Nessa perspectiva é fundamental aprimorar os dados setoriais e compartilhar essas informações com diversos setores, como acadêmicos, formuladores de políticas públicas, imprensa e sociedade civil organizada.”

A ideia é que, com o Painel Cobertura Móvel, as instituições de pesquisa e órgãos públicos possam realizar estudos e propor políticas públicas voltadas à expansão da banda larga móvel e das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) com um conjunto de dados mais robusto, que inclusive diferencia áreas urbanas das rurais.

De acordo com a Anatel, todos os municípios brasileiros possuem acesso à telefonia móvel, mas nem sempre suas áreas urbanas são totalmente cobertas, e 91,2% possuem sinal 3G ou 4G. Na malha rodoviária pavimentada de jurisdição federal, 46% da extensão tem sinal 3G ou 4G.

A nova ferramenta também será disponibilizada em versão beta para celulares. Criada a partir dos dados fornecidos pelas operadoras de serviços móveis, a simulação de sinal segue recomendações da União Internacional de Telecomunicações (UIT) utilizando o modelo de propagação 1812-5. A Anatel ressalta que os mapas de cobertura móvel divulgados pelas prestadoras de telecomunicações podem seguir outros modelos de medição.

A cobertura 5G, na medida que for implantada no país, também será incluída na plataforma, segundo Humberto Silva, chefe da Assessoria Técnica da Agência. O Leilão do Espectro 5G está previsto para ocorrer no primeiro semestre deste ano, segundo o governo, embora Morais admita eventual atraso para depois de agosto.

O post Ferramenta da Anatel permite mapear cobertura de sinal da telefonia móvel apareceu primeiro em TeleSíntese.

Socialize-se!
%d blogueiros gostam disto: