Desempenho na pandemia colocou os ISPs no foco dos investidores

O apetite dos fundos tem se voltado para ISPs instalados na região Sul do país. Só a Vero Internet, que tem o fundo de private equity Vinci Partners como  investidor, adquiriu dois provedores este ano no Rio Grande do Sul – INB Telecom e a MKA. Outros negócios estão em curso, com a compra de pequenos provedores pela Unifique, no Paraná.

Essa movimentação do mercado não se limita ao Sul do país e é considerada como inevitável pelo ex-presidente e integrante do conselho de administração da Redetelesul, Rosauro Baretta. Segundo ele, a crise do coronavírus mostrou que os ISPs têm fôlego para enfrentar situações de estresse e tiraram de letra o aumento do tráfego.

Para Baretta, que dirige 2 provedores no Paraná, o segredo do sucesso dos ISPs é investir todo o lucro na sua rede e nos serviços prestados. Além do mais, por sua proximidade, conhecem de perto seus assinantes e compreendem melhor as expectativas deles. E atuam, muitas vezes, em regiões onde as grandes empresas não têm interesse econômico.

Então, sustenta Baretta, é natural que a consolidação se intensifique em uma época que os juros estão baixos e as empresas estão dando resultados. “E esse movimento não parte só dos fundos de investimentos, mas também de operadoras regionais de maior porte em busca de ganhar mercado de forma mais rápida”, afirma. Ele reconhece que o crescimento orgânico é mais difícil que uma aquisição.

Baretta disse que, apesar do crescimento do tráfego, os ISPs enfrentaram muitos desafios nesses tempos de pandemia. A necessidade de proteger a saúde de seus colaboradores, o aumento do dólar e o perigo de inadimplência têm sido  motivos de preocupação dos empreendedores desse setor, afirma.

Rosauro Baretta foi confirmado esta semana com integrante do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br).

The post Desempenho na pandemia colocou os ISPs no foco dos investidores appeared first on Ponto ISP.

Socialize-se!
%d blogueiros gostam disto: