Covid-19: variante brasileira pode ter carga viral 10 vezes maior

A variante brasileira do novo coronavírus, chamada P.1 e surgida em Manaus (Amazonas), pode ter uma carga viral 10 vezes maior do que as demais cepas causadoras da covid-19 conhecidas até o momento, conforme aponta um estudo realizado por especialistas em virologia, publicado recentemente.

Coordenada pelo cientista da Fiocruz Amazônia Felipe Naveca, a pesquisa genômica aconteceu entre março de 2020 e janeiro de 2021, envolvendo pacientes de 25 cidades do Amazonas. Neste período, eles identificaram primeiro duas variantes na região, B.1.195 e B.1.128, das quais a segunda se tornou dominante em setembro do ano passado.

Leia mais…

Socialize-se!
%d blogueiros gostam disto: