Covid-19: SP começará imunização em massa em janeiro

O Instituto Butantan vai receber, até o fim deste ano, 15 milhões de doses da vacina CoronaVac, produzida pelo laboratório Sinovac Biotech, a serem enviadas de Pequim para São Paulo de maneira fracionada (a vacina contra a covid-19 será administrada em duas doses). Se a Anvisa aprovar os resultados coletados na Fase 3 dos testes clínicos, a CoronaVac será usada para imunizar a população em janeiro de 2021.

“A vacina estará disponível no Instituto Butantan já em outubro, quando receberemos cinco milhões de doses; em novembro, chegarão mais cinco milhões e em dezembro, o restante das vacinas”, disse o médico, pesquisador e diretor da instituição, Dimas Covas, à GloboNews nesta quarta-feira (12).

Leia mais…

Socialize-se!
%d blogueiros gostam disto: