Coronavírus impulsiona compras online de farmácias e mercados

A pandemia do novo coronavírus mudou a rotina de milhões de pessoas em todo o mundo: de trabalhadores a estudantes que passaram a realizar suas atividades em casa, até aqueles que ficaram completamente sem atividade nesse momento. Em meio a essas mudanças, a necessidade do distanciamento social físico tem estimulado o crescimento das vendas online, principalmente de medicamentos e itens de supermercado.

De acordo com um relatório da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), em parceria com o Movimento Compre & Confie, do dia 24 de fevereiro (pouco antes da confirmação do primeiro caso de covid-19 no país) até o dia 18 de março (uma semana após a Organização Mundial da Saúde declarar a doença como uma pandemia), houve um aumento de 111% nas compras online da categoria saúde (que inclui medicamentos e itens de farmácia), de 83% em beleza e perfumaria (incluindo itens de higiene pessoal) e de 80% nas compras de supermercado (alimentos, bebidas, higiene e limpeza). A comparação foi feita considerando praticamente o mesmo período do ano passado (de 25 de fevereiro a 20 de março).

Leia mais…

Socialize-se!
%d blogueiros gostam disto: