Coliseu ganhará reforma em Roma e garantirá espetáculos inéditos

O Ministério dos Bens Culturais da Itália anunciou um projeto ambicioso de revitalização do piso do Coliseu. Considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, a estrutura de mais de 2 mil anos estará nas mãos da Milan Ingegneria, que assinou um contrato de 18,5 milhões de euros (mais de R$ 121 milhões) e se comprometeu a concluir a restauração até 2023.

Dario Franceschini, líder da entidade governamental no país, explica que, dentre os planos, está a criação de um piso flexível capaz de fornecer aos turistas (7,6 milhões em 2019) uma perspectiva mais clara de como era a arena quando gladiadores lutavam até a morte. Antigamente, eram disponibilizados 70 mil assentos para espectadores e espectadoras.

Leia mais…

Socialize-se!
%d blogueiros gostam disto: