Apple e Microsoft auxiliam censura na China em nome de seus negócios

O governo da China restringe acesso a informações importantes sobre o país, e essa determinação é cumprida por empresas de tecnologia de origem chinesa e estrangeira de olho em seu amplo mercado. Exemplo disso é o bloqueio em relação aos acontecimentos de Tiananmen (Protestos na Praça Celestial, em Pequim), que completaram 30 anos na última semana.

As manifestações de 1989 marcaram a história da China devido à repressão e ao número de mortes de protestantes, mas seguem cada vez mais ocultas para o povo chinês. Em outros lugares do mundo, é muito fácil saber mais sobre o assunto ao fazer uma rápida pesquisa no Google, mas na China não é bem assim que funciona.

Leia mais…


Source: Tecmundo

Socialize-se!

Admin AcessoWi-Fi.com

Administrador AcessoWi-Fi.com Técnico de Telecom HDC Telecom Técnico Grupo HD Center

%d blogueiros gostam disto: