vivo-chega-a-100-milhoes-de-chips-ativos-no-pais

Vivo chega a 100 milhões de chips ativos no País

Vivo ultrapassa a marca de 100 milhões de chips ativos
Vivo ultrapassa a marca de 100 milhões de chips ativos, incluindo celulares, PoS e M2M (crédito: Freepik)

A Vivo superou a marca de 100 milhões de chips ativos no País, de acordo com dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A operadora encerrou o mês de abril com 100,12 milhões de cartões SIM conectados à sua rede. O total representa um incremento de mais de 460 mil conexões na comparação com março (99,66 milhões), uma alta mensal de 0,5%.

O número simbólico envolve o uso de chips para todas as tecnologias. Na prática, são 83,9 milhões de SIMs ativos em celulares, 9 milhões em operações de ponto de serviço (PoS) e 7,1 milhões para conexões do tipo machine to machine (M2M).

No Brasil, a marca do Grupo Telefónica é a primeira operadora a superar a marca de 100 milhões de chips ativos. Levando em conta todas as tecnologias, a Claro tem 87,8 milhões de SIMs ativos, enquanto a TIM totaliza 61,5 milhões.

Conforme os dados compilados pela agência reguladora, o mercado de telefonia móvel somava, até abril, 258,9 milhões de acessos, alta de 0,3% em relação ao mês anterior (258,1 milhões).

Chips para celular

As operadoras encerraram o quarto mês do ano com 215,3 milhões de chips para celular (no jargão do setor de telecomunicações, são chamados de acesso “padrão”) ativos. O total aponta alta mensal de 0,2% (214,8 milhões, em março) e anual de 2,2% (210,6 milhões, em abril de 2023).

A Vivo também lidera nesse segmento, com 83,9 milhões de acessos. A base foi incrementada pela adição de 285 mil linhas em abril, crescendo 0,3%.

A Claro, por sua vez, ativou 196 mil chips para celular em abril (alta de 0,3%). A carteira de telefonia móvel chegou a 73 milhões de clientes.

Apesar de números mais modestos, a TIM também teve saldo positivo no quarto mês do ano, com a adição de 35 mil novas linhas (+0,1). No total, o serviço móvel da TIM chegou a 56,3 milhões de usuários.

Somando todas as operadoras, os dados mostram que os planos pós-pagos (108,3 milhões) vêm abrindo vantagem em relação aos pré-pagos (107 milhões). Na prática, entre as três grandes teles, a TIM é a única que ainda tem mais clientes no pré-pago (33,2 milhões).

5G

A adesão ao 5G continua acelerando no País. Após ganhar 1 milhão de usuários em janeiro, 1,1 milhão em fevereiro e 1,5 milhão em março, a quinta geração móvel registrou a adição de mais de 1,6 milhão de clientes em abril.

No total, o 5G chegou a 25,92 milhões de acessos, avançando 6,9% na comparação com março (24,24 milhões). Em 12 meses, o número de usuários quase triplicou, tendo em vista que eram 8,85 milhões em abril de 2023 – o crescimento anual é de 192,9%.

As bases 5G de todas as operadoras estão em crescimento. Em abril, a Claro liderava a geração com 9,74 milhões de clientes, pouco à frente da Vivo, com 9,46 milhões. A TIM conta com 6,7 milhões de linhas de quinta geração móvel.

Compartilhe

Jason Bourne: veja ordem cronológica e onde assistir aos filmes
Seinfeld, Friends, Lost e outros jogos de séries que você não conhece
cobertura-e-desafio-ao-avanco-das-apis-de-rede,-ve-engineering
Cobertura é desafio ao avanço das APIs de rede, vê Engineering
Sopranos: veja explicação definitiva sobre o final da icônica série da HBO
Need For Speed Most Wanted: quanto custaria comprar todos os carros raros da Blacklist?
Tudo que você precisa saber antes de comprar artigos inteligentes
11 desenhos antigos icônicos que passavam na TV Globinho
O processo de destruição de documentos físicos e as novas tecnologias
Cinemas terão cota de exibição para filmes brasileiros; veja como vai funcionar
Na balança cósmica: descubra qual é o peso da Terra em quilogramas