android:-funcao-de-bloqueio-por-deteccao-de-roubo-chegara-primeiro-no-brasil

Android: função de Bloqueio por Detecção de Roubo chegará primeiro no Brasil

O Google revelou, nesta terça-feira (11), durante o evento Google for Brasil, que o país será o primeiro a receber o recurso Bloqueio por Detecção de Roubo. A novidade chega a partir do começo do próximo mês de julho.

A ferramenta de segurança havia sido anunciada no mês passado durante o Google I/O. Chamado de Theft Detection Lock em inglês, a solução bloqueia um celular que foi roubado por uma pessoa que saiu correndo a pé, de bicicleta, carro, moto etc.

Segundo o Google, a solução chega primeiro ao Brasil porque, dentre outros motivos, foram justamente os especialistas brasileiros que sugeriram a funcionalidade para os executivos dos Estados Unidos.

AndroidO Bloqueio por Detecção de Roubo é uma novidade para usuários brasileiros de Android. (Imagem: Google/Divulgação)

Após a vinda de diretores do Google ao país no final do ano passado, a ideia acabou avançando e virando um projeto.

A execução foi feita pelo time de engenharia do Google que está na Califórnia. Mas o produto criado foi amplamente influenciado pela nossa liderança local de Android”, explicou Bruno Diniz, líder para Android no Brasil.

Diniz explicou que não houve nenhum incidente específico que levasse os dirigentes brasileiros da big tech a pensar na solução anti-roubo. Contudo, ele ressaltou que a reflexão acerca do alto número de roubos e furtos de celulares no país foi um dos gatilhos para que a ideia fosse cogitada.

RouboEm 2022, o país teve quase 1 milhão de ocorrências de roubo e furto de celulares. (Imagem: Getty Images)

“Conforme nosso grupo foi crescendo, nós fomos trazendo dados, colaborando com o governo e entidades de segurança pública, e começamos a entender como era a jornada do roubo. Com esse arcabouço de dados, juntando com o conhecimento de que o celular armazena nossos bancos e tudo sobre a nossa vida, chegamos até o Bloqueio por Detecção de Roubo”, complementou Fabricio Ferracioli, gerente técnico de Parcerias e Engenharia de Android no Brasil.

Como funciona o Bloqueio por Detecção de Roubo?

A função de Bloqueio por Detecção de Roubo funciona utilizando o acelerômetro do celular. Ou seja, a Inteligência Artificial do recurso foi treinada para reconhecer quando o celular sai de um estado de repouso para quando há uma aceleração brusca.

Por causa disso, o recurso funciona em situações em que a pessoa está com o celular na mão, no meio da rua, e o bandido passa correndo e toma o aparelho, por exemplo. Nestas ocasiões, a tela será bloqueada e o ladrão não conseguirá efetuar nenhuma ação no dispositivo levado.

O Bloqueio por Detecção de Roubo não exige que celular esteja com a conexão móvel, Wi-Fi, localização, bluetooth, nenhuma destas opções ligadas. Para um aparelho roubado ser bloqueado automaticamente bastará ativar antes a solução no menu do Android.

Android 15Animação do Google mostra como o Bloqueio por Detecção de Roubo funciona. (Imagem: Google/Divulgação)

Para testar a ferramenta, os interessados deverão possuir um celular com Android (a partir do Android 10) e se inscrever no programa de testes. Após preencher o formulário neste site, as pessoas serão notificadas sobre a disponibilidade da nova opção.

Após esta primeira fase de testes com o público brasileiro, no começo de julho, o Bloqueio por Detecção de Roubo deverá ser lançado também para testes em outros países.

Outras novidades de segurança

Além do Bloqueio por Detecção de Roubo, o Google revelou outras novidades de segurança para Android. Dentre estas outras soluções está o Bloqueio Remoto, que serve para ocasiões de furto ou em situações que a pessoa não está encontrando o celular.

Confira, abaixo, as outras ferramentas que chegarão também primeiro ao Brasil em fase beta:

  • Bloqueio remoto: ao perder um celular ou ser furtado, o usuário de Android poderá acessar a página android.com/lock para acessar o Bloqueio Remoto. No site, bastará digitar o número do celular e fazer um desafio de segurança para tornar o aparelho indisponível. A novidade serve para dar mais tempo para que a pessoa encontre sua senha e acesse o Encontre Meu Dispositivo, que mostra a localização do aparelho, por exemplo;
  • Bloqueio de dispositivo offline: através deste recurso, o usuário de Android poderá ativar um tempo limite para que o celular fique desconectado da internet. Depois que este tempo acabar, o celular é bloqueado automaticamente. Isso serve para evitar que bandidos coloquem o celular em modo avião e deixem assim por muito tempo, por exemplo, já que esta atitude evita que os donos acessem o aparelho remotamente;
  • Novidades para o Google Play Protect: a nova versão da ferramenta que varre o aparelho em busca de ameaças de segurança e vulnerabilidades impedirá que sejam instalados apps por meio de navegadores, apps de mensagens ou gerenciadores de arquivos. Além disso, ele terá permissões de acesso a dados sensíveis como de leitura de mensagens SMS, notificações e de acessibilidade, que normalmente são explorados por fraudadores.

Tags

Compartilhe

Jason Bourne: veja ordem cronológica e onde assistir aos filmes
Seinfeld, Friends, Lost e outros jogos de séries que você não conhece
cobertura-e-desafio-ao-avanco-das-apis-de-rede,-ve-engineering
Cobertura é desafio ao avanço das APIs de rede, vê Engineering
Sopranos: veja explicação definitiva sobre o final da icônica série da HBO
Need For Speed Most Wanted: quanto custaria comprar todos os carros raros da Blacklist?
Tudo que você precisa saber antes de comprar artigos inteligentes
11 desenhos antigos icônicos que passavam na TV Globinho
O processo de destruição de documentos físicos e as novas tecnologias
Cinemas terão cota de exibição para filmes brasileiros; veja como vai funcionar
Na balança cósmica: descubra qual é o peso da Terra em quilogramas