google-cloud-next-2024:-mais-de-200-novidades-em-tecnologias-generativas.-o-que-voce-pode-fazer-com-isso?

Google Cloud Next 2024: mais de 200 novidades em tecnologias generativas. O que você pode fazer com isso?

Como era de se esperar durante o Google Cloud Next 2024, que aconteceu em Abril em Las Vegas, o principal tópico foi a Inteligência Artificial Generativa. Foram mais de 200 novidades anunciadas durante o evento, a maioria sobre tecnologias generativas, porém, muito mais importante é o que as empresas podem fazer com elas a partir de agora.

Afinal, de que forma estas tecnologias podem afetar ou influenciar a produtividade empresarial? A resposta está na capacidade de automatizar tarefas repetitivas e liberar o potencial criativo dos colaboradores. Pense em um fluxo de trabalho em que relatórios são gerados automaticamente, permitindo que os profissionais se concentrem em áreas mais analíticas e estratégicas. Já pensou que sonho?

Quando falamos de automação de processos com tecnologias exponenciais na gestão e implementação de recursos para empresas, o objetivo é eliminar o trabalho manual e permitir que as pessoas façam uma jornada mais criativa e autônoma, fomentando a inovação e gerando conexões mais relevantes.

Trabalho conjunto e de forma realmente inteligente

Tecnologias generativas, como assistentes virtuais, irão impactar bastante na forma como nos relacionamos e desenvolvemos projetos nos ecossistemas digitais. Na prática, por estes novos recursos serem bastante intuitivos e de amplo acesso, a informação ficará cada vez mais democrática, e será possível utilizá-las sem a necessidade de conhecimento profundo no desenvolvimento de comandos de machine learning ou IA, por exemplo. Os benefícios são vários, como permitir que a IA participe em um evento ou reunião e faça um resumo de todos os pontos levantados, compartilhe mensagens pertinentes, faça anotações ou crie itens de ação.

A ferramenta desenvolvida pelo Google chamada Gemini, aliada ao Google Workspace, é um exemplo notável de como a IA pode ser aplicada de modo engenhoso. Durante o evento foi divulgada a nova versão, o Gemini 1.5 Pro, que passa a ter a capacidade de extrair informações de áudios de vídeos, por exemplo, sem a necessidade de um transcript. Há também a nova funcionalidade do Gemini em banco de dados, que garante aos desenvolvedores um conjunto de ferramentas alimentadas totalmente por IA.

IA Generativa & Google Workspace: a evolução do trabalho

Embora a IA Generativa tenha sido um dos temas principais, não foi o único assunto do evento, que é conhecido por apresentar as principais tendências de tecnologia da plataforma – incluindo novas soluções e ferramentas para o Workspace. Um dos destaques desse ano foi o Google Vids, um add-on para edição e criação de vídeos com a utilização de IA. Essa nova ferramenta pode gerar um storyboard, além de dar sugestões de cenas de vídeos, imagens e música de fundo – e é o primeiro app do ecossistema do Workspace que já nasce dentro da onda de IA que tomou o Vale do Silício.

Um ponto de grande relevância é que o Vids será integrado a sistemas como o Docs, Planilhas e Apresentações, e pode receber instruções a partir de documentos da empresa, além de que os vídeos poderão ser editados de forma colaborativa por diferentes usuários ao mesmo tempo.

Outra grande novidade é o Vertex AI Agent Builder, um recurso voltado para auxiliar empresas a construir os próprios assistentes virtuais de IA. Ele permite desde um console sem código para criar bots de IA usando Linguagem Natural até estruturas complexas de código aberto. Ao todo, serão 130 tipos diferentes de robôs disponíveis, que rodam de forma integrada ao Workspace, com divisões em categorias como “criativos”, “funcionários” e “assistentes de dados”. Para desenvolvedores, a empresa apresentou um assistente específico chamado Gemini Code Assist, que irá auxiliar os programadores.

O diferencial é que esses agentes de IA podem aprender com o tempo e facilitar transações e processos de negócios, seja apenas com dados internos das companhias ou também com informações públicas de buscas no Google.

IA como auxílio fundamental

Há muitas outras novidades em ferramentas e melhorias que vão permitir não só que os usuários se concentrem no refinamento do trabalho técnico, como irão garantir melhoria na gestão de tempo da empresa e aumento de produtividade entre os colaboradores. Mas o que fazer com esse tempo a mais que a IA nos ajuda a “ganhar”? A aprendizagem é um processo e sempre há habilidades e perspectivas a serem adquiridas. Portanto, um bom uso desse tempo é oferecer aos colaboradores a oportunidade de adquirir mais conhecimento com capacitação e projetos com parceiros especialistas.

E esse novo aprendizado pode começar com entender que a Inteligência Artificial já é, ou será muito em breve, uma pedra angular das atividades diárias do mundo do trabalho. A implementação e o gerenciamento destes ecossistemas colaborativos têm o objetivo de garantir que as companhias usem o máximo possível da capacidade de suas ferramentas, com olhar humanizado e que agregue boas vivências para os colaboradores e para os clientes.

Alline Antóquio, diretora executiva na Gentrop.

Tags

Compartilhe

HUAWEI eKIT É NA CELETI - KIT INCRÍVEL PARA O SEU PROVEDOR
UNBOXING SERVIDOR DELL R630 - ANEXA TELECOM
FUTEBOL, SAMBA E AMIGOS - EXPOISP OLINDA - DIA 03
SEGUNDO DIA NA EXPOISP - FOI MUITO PRODUTIVO
CONCEITO DE DATA CENTER EDGE - ASAP TELECOM
O PROJETO DE ARQUITETURA DO NOSSO PROVEDOR - MULTIWAY
NOSSO PRIMEIRO DIA NA EXPOISP - TRIP 18
TRIP ESPECIAL EXPOISP OLINDA - EP17
VALE A PENA TELEMEDICINA PARA PROVEDOR ? - TECWI
O QUE É DATA CENTER TIER 1,2,3 e 4 ? - ASAP TELECOM