gastos-com-ia-generativa-devem-mais-do-que-dobrar-em-2024

Gastos com IA generativa devem mais do que dobrar em 2024

Gastos com IA generativa devem mais do que dobrar no Brasil em 2024, aponta IDC
IA generativa deve permear os investimentos da indústria de TIC em 2024 (crédito: Freepik)

As empresas brasileiras devem mais do que dobrar os gastos com Inteligência Artificial (IA) generativa neste ano, ainda que a tecnologia esteja em estágios iniciais de implementação no País, indica a consultoria IDC, em relatório no qual aponta as principais tendências no setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) para 2024.

A expectativa é de que as despesas com modelos generativos alcancem US$ 120 milhões (aproximadamente R$ 596 milhões) em toda a América Latina, com o Brasil sendo responsável por grande parte desta soma.

Segundo a consultoria, enquanto 2023 foi o ano em que a tecnologia se popularizou, espera-se que, em 2024, a IA generativa gere, de fato, valor para as empresas que fizerem uso desse tipo de solução. Ainda assim, a IDC destaca que o desafio atual em relação à IA generativa passa por costurar fontes de dados, aplicar medidas de governança e encontrar objetivos de negócio que possam ser endereçados pela tecnologia.

O relatório cita que, para 37% das empresas, a aplicação da IA nos negócios esbarra na incerteza no que diz respeito à segurança e inviolabilidade dos dados usados nos modelos generativos.

“A grande mudança em relação a 2023 é o maior amadurecimento”, afirmou Luciano Ramos, country manager da IDC Brasil, em evento online com a imprensa. “O hype, achar que a IA vai servir para tudo, se dissipa [neste ano] quase totalmente e vemos uma abordagem muito mais madura e orientada para obter e gerar valor para o cliente final, quem de fato consome produtos e serviços habilitados por essa tecnologia”, complementou.

Além disso, o mercado de IA como um todo – isto é, sistemas tradicionais e generativos – deve ultrapassar o valor de US$ 459 milhões (R$ 2,2 bilhões) no Brasil neste ano, de acordo com estimativa da consultoria. O volume deve ser puxado por empresas que buscam acelerar projetos.

“A AI everywhere [IA em todo lugar] vai se estender como a internet, que começou devagar e trouxe novas possibilidades de negócios que nem imaginávamos. E não falo só da generativa, mas a própria IA tradicional vai ter um ritmo de crescimento intenso e constante”, avaliou Pietro Delai, diretor de Enterprise da IDC América Latina. “O barulho aconteceu, mas agora estamos no momento de ver isso ser viabilizado”, acrescentou.

Projeções

Segundo a IDC, o mercado brasileiro de TIC, formado pelos setores de TI e de telecomunicações, deve crescer 5,2% neste ano.

De forma isolada, a expectativa é de que TI avance 6,4%, puxada por soluções de infraestrutura, incluindo IaaS (infraestrutura como serviço). No caso de telecom, a projeção é mais baixa, mas também positiva (3,2%), com apoio, em especial, do crescimento das redes fixas.

A migração de aplicações para nuvem e a busca por serviços de TI devem fazer com que a TI B2B registre alta de 8,7% em 2024.

“O que vemos agora olhando para 2024 – isso vale para o Brasil e para os vizinhos da América Latina – é que se mantém um clima de cautela, mas há indicações positivas. Havendo por parte dos provedores de tecnologia e TI projetos interessantes, é preciso mostrar para as empresas que existe um business case [caso de negócio] real para transformação dos negócios”, sugeriu Ramos.

Compartilhe

Home office: 121 vagas para trabalho remoto internacional [29/05]
VALE A PENA OFERECER PLANO DE 1GIGA? - ASAP TELECOM
MERCADO DE BANDA LARGA 2024 - REVISE SUA ESTRATÉGIA
HUAWEI eKIT É NA CELETI - KIT INCRÍVEL PARA O SEU PROVEDOR
UNBOXING SERVIDOR DELL R630 - ANEXA TELECOM
FUTEBOL, SAMBA E AMIGOS - EXPOISP OLINDA - DIA 03
SEGUNDO DIA NA EXPOISP - FOI MUITO PRODUTIVO
CONCEITO DE DATA CENTER EDGE - ASAP TELECOM
O PROJETO DE ARQUITETURA DO NOSSO PROVEDOR - MULTIWAY
NOSSO PRIMEIRO DIA NA EXPOISP - TRIP 18