fintech-payhop-recebe-aporte-de-venture-capital-da-totvs

Fintech PayHop recebe aporte de venture capital da TOTVS

 - Crédito: Freepik
Crédito: Freepik

A fintech PayHop recebeu aporte, entre outros, do CV iDEXO, fundo de corporate venture capital da TOTVS gerido pela Citrino Ventures. A empresa desenvolve soluções para ampliar as possibilidades de crédito na supply chain por meio do uso inteligente de ativos negociáveis que transitam pelas Entidades Registradoras, garantindo pagamentos e reduzindo a inadimplência na cadeia de distribuição. O aporte da TOTVS faz parte da rodada de investimentos recebida pela PayHop. Mas o valor não foi revelado. No ano passado, a fintech fez uma rodada de R$ 11,5 milhões, liderada pela Experian Ventures.

Fundada em 2020, a PayHop utiliza recebíveis de cartão de crédito como garantia em operações na cadeia de distribuição. Com isso, fornecedores podem oferecer melhores condições de prazos e financiamento de operações, com a contrapartida de usarem os recebíveis dos varejistas como garantia, sendo a PayHop a responsável por viabilizar esse tipo de operação. Integrada com as principais registradoras de recebíveis (CERC, Nuclea, TAG e B3), a fintech também fornece o serviço de consulta de agenda de recebíveis de empresas para instituições financeiras.

“Este é o oitavo investimento do CV iDEXO, que tem um olhar atento para mapear e investir em empresas que têm aplicações baseadas em dados, com soluções práticas, tecnologicamente robustas e capazes de resolver um problema real. Este é o caso da PayHop, uma startup inovadora que foge do trivial e explora um mercado recém-criado pelas mudanças na regulamentação financeira, desenvolvendo aplicações dentro de um universo de inteligência de recebíveis”, destaca Felipe Fornaziere, general partner da Citrino Ventures, gestora do CV iDEXO. O valor do aporte não foi revelado
“Nós viabilizamos crédito nas cadeias produtivas com uso dos recebíveis e, por sua vez, esta informação também trafega pelos ERPs da TOTVS, grande player de referência no Brasil. Estamos muito animados com a chegada deste investimento e principalmente com a sinergia que existe entre os negócios”, comenta Eduardo Rossi, CEO e cofundador da PayHop.
Como próximo passo do negócio, a PayHop pretende entrar no mercado de Duplicatas Escriturais. A previsão é que a nova legislação, que visa um novo sistema para garantir a segurança das duplicatas eletrônicas, entre em vigor no segundo semestre de 2024, o que abre um promissor novo mercado de atuação para a startup. A empresa recebeu aporte de outros fundos também.

Compartilhe

HUAWEI eKIT É NA CELETI - KIT INCRÍVEL PARA O SEU PROVEDOR
UNBOXING SERVIDOR DELL R630 - ANEXA TELECOM
FUTEBOL, SAMBA E AMIGOS - EXPOISP OLINDA - DIA 03
SEGUNDO DIA NA EXPOISP - FOI MUITO PRODUTIVO
CONCEITO DE DATA CENTER EDGE - ASAP TELECOM
O PROJETO DE ARQUITETURA DO NOSSO PROVEDOR - MULTIWAY
NOSSO PRIMEIRO DIA NA EXPOISP - TRIP 18
TRIP ESPECIAL EXPOISP OLINDA - EP17
VALE A PENA TELEMEDICINA PARA PROVEDOR ? - TECWI
O QUE É DATA CENTER TIER 1,2,3 e 4 ? - ASAP TELECOM