ferramenta-da-embratel-conecta-data-centers-e-clouds-publicas

Ferramenta da Embratel conecta data centers e clouds públicas

A Embratel lança esta semana o Datacenter Interconnect (DCI), produto de conectividade dedicada que interliga dois ou mais Data Centers e Nuvens públicas para que empresas possam migrar seus dados e cargas de trabalhos para os ambientes mais estratégicos, de forma simplificada, personalizada e sob demanda, utilizando um portal de gestão automatizado. A solução é indicada para setores como financeiro, indústria, serviços e varejo.

O produto possibilita às companhias que utilizam Data Centers e Nuvens reorganizar onde suas informações e aplicações estão armazenadas por meio da interconexão entre os servidores com flexibilidade, agilidade e escalabilidade. O DCI é fornecido através de uma infraestrutura robusta que já está instalada em parte dos Data Centers da Embratel e de empresas, como Ascenty, Cirion, Equinix e Takoda. Para migrações de cargas de trabalho entre Data Centers e Nuvens, o serviço já está em funcionamento com Amazon Web Services (AWS) e Google Cloud. A previsão é que, em breve, haja a extensão para outros fornecedores.

“Na vanguarda da tecnologia, o DCI da Embratel foi desenvolvido para atender às crescentes demandas de conectividade do mercado empresarial”, afirma Marcello Miguel, Diretor-Executivo de Marketing e Negócios da Embratel. De acordo com o executivo, o objetivo da solução é entregar novos patamares de eficiência operacional, resiliência e desempenho por meio de infraestrutura sólida e arquitetura flexível. “Com o DCI, a Embratel está oferecendo uma conexão ágil, segura e individualizada para impulsionar o sucesso contínuo dos clientes. Estamos muito felizes com a concepção dessa solução tão importante para fomentar a inovação nos negócios”, diz.

Com a crescente busca por serviços de Data Center para atender necessidades diversas, muitas empresas optam por contratar mais de um fornecedor e passam por desafios para interconectar suas aplicações e infraestruturas. Por essa razão, a Embratel desenvolveu o DCI, que possui estrutura sustentada pelo moderno Backbone Fotônico da Embratel, com uma plataforma de Rede Definida por Software (SDN), para proporcionar banda sob demanda (BoD). A partir dessas tecnologias, a Embratel permite alta capacidade, garantia de banda e baixa latência na migração de dados e cargas de trabalho.

O DCI da Embratel realiza a transferência de dados sensíveis com máxima segurança, já que a rede é totalmente dedicada para cada companhia. Assim, as empresas conseguem assegurar a conformidade com regulamentações de privacidade. Por exemplo, bancos, que precisam manter uma infraestrutura com data centers, para armazenar e gerir aplicações, e nuvens, para realizar o processamento de transações financeiras, podem utilizar o DCI para a transmissão dos dados entre os diferentes ambientes, com ainda mais confiabilidade, autonomia e rapidez.

Por meio do portal DCI, as empresas conseguem realizar os provisionamentos de forma personalizada, escolhendo o Data Center ou a Nuvem onde cada uma de suas aplicações vai operar e a velocidade do circuito de transmissão, além de escalonar a banda de acordo com suas necessidades. A partir dessas configurações feitas no portal, a atualização da rede ocorre de modo instantâneo.

Com isso, a nova solução da Embratel possibilita que as operações de TI das empresas fiquem devidamente balanceadas, com cargas de trabalho distribuídas entre os Data Centers e Nuvens mais estratégicos para os negócios. Setores como varejo e e-commerce, que costumam ter sazonalidade nas ofertas de produtos em períodos estratégicos, como a Black Friday, por exemplo, podem escolher o momento para expandir a banda quando há um aumento de vendas e de acessos em sites e aplicativos, distribuindo as cargas de trabalho entre um ou mais Data Centers e Nuvens. Dessa forma, as organizações evitam a sobrecarga de suas plataformas. Outro benefício da solução é que o pagamento é feito de acordo com o tamanho da utilização da banda.

Ideal também para ações de Disaster Recovery, o DCI possibilita a rápida realocação ou duplicidade das aplicações e dados em outro Data Center caso um servidor fique sobrecarregado, evitando paralisação e atraso nas atividades. No setor industrial, essa capacidade é especialmente importante para manter aplicações em diversos Data Centers, permitindo um controle maior de processos, garantia da eficiência operacional e adaptação em casos de paralisações dos servidores de um dos centros.

Tags

Compartilhe

Ajuda nas crises é tão mais forte quanto é coletiva
MERCADO DE BANDA LARGA 2024 - REVISE SUA ESTRATÉGIA
HUAWEI eKIT É NA CELETI - KIT INCRÍVEL PARA O SEU PROVEDOR
UNBOXING SERVIDOR DELL R630 - ANEXA TELECOM
FUTEBOL, SAMBA E AMIGOS - EXPOISP OLINDA - DIA 03
SEGUNDO DIA NA EXPOISP - FOI MUITO PRODUTIVO
CONCEITO DE DATA CENTER EDGE - ASAP TELECOM
O PROJETO DE ARQUITETURA DO NOSSO PROVEDOR - MULTIWAY
NOSSO PRIMEIRO DIA NA EXPOISP - TRIP 18
TRIP ESPECIAL EXPOISP OLINDA - EP17