ast-spacemobile-e-verizon-fecham-acordo-de-d2d-nos-eua

AST SpaceMobile e Verizon fecham acordo de D2D nos EUA

AST Space Mobile vai fornecer conexão D2D ao clientes da Verizon nos EUA
BlueWalker 3, satélite de órbita terrestre baixa da AST SpaceMobile; D2D deve chegar aos usuários da Verizon e da AT&T (crédito: AST SpaceMobile/Divulgação)

A fabricante de satélites AST SpaceMobile vai fornecer conectividade via satélite aos usuários da rede móvel da operadora norte-americana Verizon. Anunciado nesta quarta-feira, 29, o acordo de conexão direta entre satélite e celular (tecnologia também chamada de direct do device, ou D2D) pressupõe o fornecimento de cobertura em todo o território continental dos Estados Unidos.

Para utilizar o serviço da operadora satelital, a Verizon se comprometeu a desembolsar US$ 100 milhões (aproximadamente R$ 520,4 milhões). Desse total, US$ 65 milhões serão quitados na forma de pré-pagamento comercial, ao passo que os demais US$ 35 milhões serão pagos em notas conversíveis.

A conexão via satélite, que será fornecida pela constelação de baixa órbita terrestre (LEO, na sigla em inglês) ainda em implementação pela AST, vai funcionar no espectro de 850 MHz detido pela Verizon. As parceiras garantem que os usuários de telefonia celular permanecerão conectados onde quer que estejam ao longo do território dos Estados Unidos.

“Esta parceria irá melhorar a conectividade celular nos Estados Unidos, essencialmente eliminando zonas mortas e capacitando áreas remotas do país com conectividade baseada no espaço”, disse Abel Avellan, fundador, presidente e CEO da AST SpaceMobile, em nota.

“Ao celebrar este acordo, poderemos agora usar o nosso espectro em conjunto com a rede de satélites da AST para fornecer conectividade essencial em cantos remotos dos Estados Unidos, onde os sinais de celulares são inacessíveis através da infraestrutura terrestre tradicional”, afirmou Srini Kalapala, vice-presidente sênior de Tecnologia e Desenvolvimento de Produtos da Verizon.

Há cerca de 15 dias, a AST fechou um acordo similar com a AT&T, concorrente da Verizon no mercado norte-americano de telefonia móvel. O contrato vale até 2030. A AT&T, vale lembrar, já tinha investido na operadora satelital, além de ter cedido espectro para a realização de testes de D2D.

Atualmente, a AST SpaceMobile tem acordo com mais de 45 operadoras de telefonia móvel em todo o mundo. No Brasil, a TIM e a Claro querem fazer experimentos com a companhia por meio de um sandbox regulatório autorizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O regulador brasileiro, inclusive, já mencionou que a tecnologia será um desafio no País, tendo em vista a eventual necessidade de acordos em áreas fronteiriças.

A AST planeja lançar cinco satélites ao espaço ainda este ano, durante o verão no hemisfério norte (período de junho a setembro).

celulares-5g-custarao-r$-500,-diz-claro-na-tim,-e-hora-de-upsell.
Celulares 5G custarão R$ 500, diz Claro. Na TIM, é hora de upsell.
anatel-avalia-fazer-leiloes-de-espectro-em-2025,-2027-e-2029
Anatel avalia fazer leilões de espectro em 2025, 2027 e 2029
bets-ja-concorrem-com-telecom,-avaliam-operadoras
Bets já concorrem com telecom, avaliam operadoras
camara-aprova-projeto-que-amplia-incentivos-a-semicondutores,-paineis-fotovoltaicos-e-celulares
Câmara aprova projeto que amplia incentivos a semicondutores, painéis fotovoltaicos e celulares
cada-real-perdido-em-fraudes-custa-as-empresas-r$-3,59,-aponta-estudo 
Cada real perdido em fraudes custa às empresas R$ 3,59, aponta estudo 
vivo-cria-ia-generativa-para-assistente-do-atendente-de-call-center
Vivo cria IA Generativa para assistente do atendente de call center
ministro-chefe-do-gsi-estima-em-mais-de-r$-1-trilhao-prejuizo-do-pais-com-crimes-ciberneticos.
Ministro-chefe do GSI estima em mais de R$ 1 trilhão prejuízo do país com crimes cibernéticos.
extratos-bancarios-serao-padronizados-pelos-bancos-a-partir-de-8-de-julho
Extratos bancários serão padronizados pelos bancos a partir de 8 de julho
malware-contra-android-faz-espionagem-e-operacoes-de-ransomware
Malware contra Android faz espionagem e operações de ransomware
universidade-de-marilia-vai-construir-polo-tecnologico-especializado-em-ia
Universidade de Marília vai construir polo tecnológico especializado em IA