apple-lanca-rastreamento-ocular-no-iphone-e-mais-recursos-de-acessibilidade

Apple lança rastreamento ocular no iPhone e mais recursos de acessibilidade

A Apple revelou ontem (15) novos recursos de acessibilidade que estarão disponíveis em seus sistemas operacionais ainda em 2024, aprimorando funcionalidades de iPhones, iPads e outros dispositivos da marca. Um deles é o rastreamento ocular para controlar celulares e tablets.

Com chegada prevista ao iOS e ao iPadOS, a ferramenta Eye Tracking oferece a possibilidade de usar os olhos para navegar por apps e menus. Alimentada por inteligência artificial, ela é projetada para pessoas com deficiências físicas e aproveita a câmera frontal para rastrear os movimentos oculares.

Uma das novas funções permite controlar o iPhone e o iPad com o movimento dos olhos. (Imagem: Apple/Divulgação)Uma das novas funções permite controlar o iPhone e o iPad com o movimento dos olhos. (Imagem: Apple/Divulgação)Fonte:  Apple/Divulgação 

Já para usuários surdos ou com algum nível de deficiência auditiva, a novidade é o Music Haptics. Compatível com milhões de faixas do Apple Music, o recurso reproduz toques, texturas e vibrações refinadas durante a reprodução das canções no iPhone para que os usuários “sintam” as músicas.

Os novos recursos de acessibilidade da Apple também chegarão à Siri, que poderá entender expressões personalizadas para iniciar atalhos e concluir tarefas complexas. Além disso, a assistente virtual passa a compreender falas atípicas, atendendo às pessoas cuja voz seja afetada por paralisia cerebral ou outras condições.

Outras novidades a caminho

Sistema que alimenta o Vision Pro, headset da Apple, o VisionOS ganhará legendas ao vivo, permitindo que pessoas surdas acompanhem diálogos em conversas pelo FaceTime e áudios reproduzidos nos apps. Também será possível ajustar as configurações para evitar problemas com luzes brilhantes.

A gigante de Cupertino promete, ainda, melhorar a experiência de uso de iPhones e iPads nos automóveis com o Vehicle Motion Cues. A ferramenta reconhece quando o carro está em movimento e exibe pontos animados nas bordas da tela que ajudam a reduzir os enjoos durante as viagens.

O Apple CarPlay terá a capacidade de reconhecer sons de buzina e sirenes. (Imagem: Apple/Divulgação)O Apple CarPlay terá a capacidade de reconhecer sons de buzina e sirenes. (Imagem: Apple/Divulgação)Fonte:  Apple/Divulgação 

Outras funcionalidades inéditas são controle de voz, filtros de cores e reconhecimento de som no CarPlay. Elas possibilitam controlar apps com a voz, tornar a interface do sistema mais amigável para pessoas daltônicas e ativar alertas de buzinas e sirenes para notificar usuários com deficiência auditiva, respectivamente.

Novas opções de vozes no VoiceOver, ativação do modo de detecção com o botão de ação, exibição de textos maiores e em cores diferenciadas na digitação e suporte a vocabulários complexos e palavras personalizadas nos comandos de voz são algumas das outras melhorias.

Tags

Compartilhe

Buracos negros rebeldes: jatos podem mudar de direção e ameaçar formação de estrelas
WhatsApp libera Status de voz de até 60 segundos para Android e iOS
ICQ: icônico mensageiro vai sair do ar após quase 28 anos
O que é FCM 24? Conheça o mod do 'Brasileirão' para o EA FC 24
Atlas: entenda o final do novo filme sci-fi da Netflix
YouTube Music ganha busca para achar músicas que você cantarola ou assobia
HUAWEI eKIT É NA CELETI - KIT INCRÍVEL PARA O SEU PROVEDOR
UNBOXING SERVIDOR DELL R630 - ANEXA TELECOM
FUTEBOL, SAMBA E AMIGOS - EXPOISP OLINDA - DIA 03
SEGUNDO DIA NA EXPOISP - FOI MUITO PRODUTIVO