anatel-quer-transparencia-sobre-conteudo-classificado-fake-news

Anatel quer transparência sobre conteúdo classificado fake news

O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Carlos Baigorri, afirmou nesta terça-feira, 15, que a autarquia analisa formas de aprimorar o sistema de cumprimento de decisões judiciais para bloquear o acesso a sites ou plataformas com conteúdo de desinformação (fake news) ou criminoso. Entre os ajustes em estudo estão maneiras de informar consumidores quando a falta de acesso decorre de decisão judicial.

Foto: Vinicius Loures / Câmara dos Deputados
Carlos Baigorri, presidente da Anatel, debateu fake news nas eleições. Agência auxilia o TSE repassando ordens judiciais às operadoras. Foto: Vinicius Loures / Câmara dos Deputados

O tema foi discutido em audiência pública das Comissões de Ciência e Tecnologia (CCT) e de Comunicação (CCom), na Câmara dos Deputados. Baigorri reforçou aos parlamentares que a Agência não é quem decide o que deve ser bloqueado ou não, mas exerce a função prevista em lei para fiscalizar o cumprimento das determinações que são direcionadas às prestadoras. Neste trabalho, os reguladores têm ouvido queixas de consumidores que confundem a falta de acesso a determinado link com a falta de qualidade da conexão.

“Uma coisa que estamos discutindo é como fazer para que, quando isso acontecer [bloqueio de acesso], apareça uma mensagem como ‘site bloqueado por decisão judicial’, porque senão isso reflete em custo para a operadora, porque o cidadão vai ligar”, disse, o presidente da Anatel.

Fiscalização

Outro ponto de melhoria em estudo é um mecanismo de automatização e centralização dos bloqueios pelo DNS (servidor). Segundo Baigorri, a medida está sendo discutida com as empresas e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no âmbito dos acordos de cooperação.

“Do jeito que é feito hoje, cada um tem que implementar o bloqueio [individualmente]. Nós estamos estudando em conjunto com eles – as operadoras e o tribunal – uma maneira de fazer isso de uma forma mais centralizada, com tempo de resposta mais rápido, em poucas horas”, detalhou o conselheiro.

A mudança auxiliaria o monitoramento. “Estamos falando de 20 mil operadoras. Você pode ter um pequeno operador em um bairro que a gente não consegue nem avaliar se ele fez o bloqueio”, acrescentou.

Compartilhe

os-bridgerton-existiram-de-verdade?-saiba-o-que-foi-inspirado-na-vida-real
Os Bridgerton existiram de verdade? Saiba o que foi inspirado na vida real
em-parceria-com-huawei,-claro-lanca-espaco-imersivo-5g+-em-brasilia
Em parceria com Huawei, Claro lança espaço imersivo 5G+ em Brasília
celular-seguro-alertara-via-whatsapp-quem-comprar-celular-furtado-ou-roubado
Celular Seguro alertará via WhatsApp quem comprar celular furtado ou roubado
incognia-abre-vagas-para-profissionais-de-ti-em-seguranca-digital
Incognia abre vagas para profissionais de TI em segurança digital
vazamentos-de-precos-do-samsung-galaxy-book4-edge
Vazamentos de preços do Samsung Galaxy Book4 Edge
slop:-a-nova-ameaca-digital-que-espalha-imagens-surreais-e-confusao-na-internet
Slop: A nova ameaça digital que espalha imagens surreais e confusão na Internet
terremotos-no-nordeste?-estudo-diz-que-a-regiao-tem-risco-sismico-de-5,2-na-escala-richter
Terremotos no Nordeste? Estudo diz que a região tem risco sísmico de 5,2 na escala Richter
iphone-16-pode-ser-vendido-em-duas-novas-cores,-aponta-informante
iPhone 16 pode ser vendido em duas novas cores, aponta informante
novo-remake-de-resident-evil-tem-supostos-detalhes-vazados;-confira!
Novo remake de Resident Evil tem supostos detalhes vazados; confira!
opera-ganha-versao-adaptada-para-pcs-com-processadores-arm
Opera ganha versão adaptada para PCs com processadores ARM