algar-telecom-investe-em-startup-de-telemedicina

Algar Telecom investe em startup de telemedicina

Algar Telecom investe em aplicativo de saúde e telemedicina
Algar expande atuação ao agregar serviço de telemedicina aos negócios (crédito: Freepik)

A Algar Telecom Venture Builder, unidade de negócios da Algar Telecom, anunciou, nesta quinta-feira, 1º, a sua entrada no mercado de telemedicina. A empresa fez um investimento na MediQuo, uma startup que atua na área de saúde digital. O valor não foi revelado.

Antes do aporte, a operadora já contava com os serviços da plataforma de saúde. Há dois anos, as empresas firmaram um acordo para ofertar consultas de telemedicina para o varejo e Pequenas e Médias Empresas (PME). O serviço de saúde digital pode ser adquirido por familiares dos clientes da Algar Telecom nos planos pós-pagos e controle, pelo valor de R$ 15,90 por mês. Funcionários da operadora também podem contratar o serviço.

Há três anos no mercado, a MediQuo tem uma base de aproximadamente 450 mil usuários. Por ano, realiza mais de 1,5 milhão de consultas em sua plataforma digital. Em 2023, obteve receita de R$ 5 milhões, sendo que 60% do faturamento estão ligados à parceria com a Algar.

O aplicativo conta com uma equipe médica composta por profissionais especializados em saúde do adulto (clínica geral e medicina da família), da criança (pediatria) e da mulher (ginecologia), além de serviços de psicologia, nutrição e educação física. O tempo de espera para iniciar uma consulta online é de até 10 minutos.

Em nota, a Algar informou que tem planos de lançar novas soluções com apoio da startup neste ano, como acesso a medicamentos e diagnósticos adicionais.

“A parceria com a MediQuo representa uma oportunidade de levar acesso à saúde tanto às pessoas físicas quando às pequenas e médias empresas que buscam soluções de qualidade para seus colaboradores, sem comprometer o rendimento”, diz Wellington Bore, CEO da Algar Telecom Venture Builder, em nota.

A unidade de negócios da operadora foi criada em 2022, em colaboração com a multinacional FCJ Venture Builder. A parceria com a MediQuo foi viabilizada por meio do Brain, o centro de inovação da tele. No ano passado, empresas de telecomunicações como TIM, Sky e Oi também lançaram ofertas de telemedicina.

Para aprender com a ficção: 8 sinais que seu admirador é um stalker
Comitê Olímpico do Brasil fecha parceria com a Meta para aproximar atletas e público
Chefe da Naughty Dog 'desmente' Sony em situação polêmica
Apple pode anunciar emojis e mais funções de IA generativa na WWDC 2024; veja
Vendedor de 'hack' é condenado pela primeira vez nos EUA; entenda o caso!
Na Netflix: 7 doramas e k-dramas de terror para quem gosta de mistério
Elon Musk diz que substituição de humanos por IA no mercado de trabalho não será ruim
stf-invalida-exigencia-de-licenca-estadual-para-erb-no-rn
STF invalida exigência de licença estadual para ERB no RN
bancos,-fintechs-e-teles-discutem-a-economia-digital-no-dmm-2024
Bancos, fintechs e teles discutem a economia digital no DMM 2024
HUAWEI eKIT É NA CELETI - KIT INCRÍVEL PARA O SEU PROVEDOR