GitHub aprimora segurança e desempenho empresarial com rede privada do Azure

O GitHub, principal plataforma de pessoas desenvolvedoras impulsionada por IA do mundo, acaba de anunciar uma série de atualizações significativas para seus runners hospedados, visando melhorar a segurança empresarial e aumentar a potência para os usuários. Essas atualizações representam um passo importante na jornada do GitHub para melhorar a prontidão empresarial para o GitHub Actions, que é um serviço que permite criar fluxos de trabalho automatizados.

Siga o tecflow no Google News!Participe dos nossos canais no Telegram ou Whatsapp!Confira nossos stories no Instagram e veja notícias como essa!Siga o tecflow no Google Podcast Spotify Podcast para ouvir nosso conteúdo!Anuncie conosco aqui ou apoie o tecflow clicando neste link.

Os runners hospedados são ambientes de execução gerenciados pelo GitHub usados para automatizar tarefas de Integração Contínua (CI), Entrega Contínua (CD) e outras automações via GitHub Actions. Eles são máquinas virtuais hospedadas pela plataforma, oferecendo aos desenvolvedores recursos computacionais sem a necessidade de gerenciar infraestrutura própria. Essa solução simplifica o processo de compilar, testar e implantar aplicações, eliminando a necessidade de configuração e de manutenção de servidores de execução.

Como parte deste lançamento, os runners hospedados no Github agora suportam redes privadas do Azure, oferecendo maior segurança e desempenho para os usuários empresariais. Além disso, a frota foi expandida para incluir novas opções, como 2 vCPU Linux, 4 vCPU Windows, macOS L, macOS XL e GPU, que são diferentes tipos e tamanhos de recursos de computação em nuvem, que atendem a diversas necessidades de processamento e sistema operacional.

“Ao trazer essas atualizações, estamos fortalecendo nossa oferta para atender às necessidades cada vez mais complexas e variadas das equipes empresariais”, disse Tanmayee Kamath, Gerente de Produto Sênior do GitHub. “Essas melhorias não apenas melhoram a segurança e o desempenho, mas também simplificam as operações, permitindo que as equipes se concentrem na inovação.”

Com a adição do suporte às redes privadas do Azure, as empresas podem agora executar seus fluxos de trabalho de Actions em um ambiente seguro, conectado à sua rede virtual do Azure, sem comprometer a segurança ou o desempenho.

“A partir de agora, os fluxos de trabalho podem acessar com segurança serviços do Azure, como armazenamento de arquivos, bancos de dados e fontes de dados locais, como o Artifactory (um sistema de gerenciamento de repositório binário usado principalmente para armazenar artefatos de software, como bibliotecas, frameworks e componentes), por meio de conexões já configuradas, como VPNs (Redes Privadas Virtuais) e ExpressRoutes (um serviço do Azure que permite conexões privadas, de alta velocidade e confiáveis entre datacenters locais e recursos do Azure)”, afirma Kamat.

Além disso, a segurança é uma prioridade nesta atualização. Todas as políticas de rede existentes ou novas, como regras de firewall, serão aplicadas automaticamente aos computadores que executam tarefas do GitHub, dando aos administradores de plataforma um controle completo sobre a segurança da rede, tudo gerenciado em um único lugar.

Essa expansão permite que cada organização configure sua própria rede privada adaptada às suas necessidades específicas. “Essas atualizações representam o compromisso contínuo do GitHub em simplificar a automação e oferecer segurança de nível empresarial para todas as equipes de desenvolvimento. Com essas melhorias, o GitHub continua a ser a plataforma de escolha para automação e CI/CD em projetos de todos os tamanhos e complexidades”, completa Kamath.

Faça como os mais de 10.000 leitores do tecflow, clique no sino azul e tenha nossas notícias em primeira mão! Confira as melhores ofertas de celulares na loja parceira do tecflow.

Tags

Compartilhe

10 notícias de tecnologia para você começar o dia (19/04)
Netflix supera expectativas em lucro e número de assinantes no começo de 2024
Telcomp: clientes das prestadoras regionais não são de segunda classe
Netflix tem alta de quase 80% no lucro e base de assinantes chega a 270 milhões
Nokia faz parceria e cria celular para amantes de cerveja; veja como funciona
Meta Llama 3 será executada em dispositivos com chips da Qualcomm
Para a Cisco, chegou a vez da segurança em todo lugar
Pesquisa aponta a necessidade de modernização dos escritórios para estimular trabalho presencial
Núclea adquire sistema de seguros da CERC e ingressa no mercado de registro
SKY FIBRA chega a mais 15 municípios com rede neutra da V.tal