Espionagem do Facebook: como a Meta pode ter usado um VPN para comprar e ‘clonar’ rivais

Uma grande parte das decisões estratégicas tomadas nos últimos anos pela Meta, a dona do Facebook, envolveu um polêmico aplicativo espião. Documentos divulgados como parte de uma ação judicial em andamento revelaram como a empresa de Mark Zuckerberg estudava os passos de concorrentes.

O serviço era de conhecimento de executivos de alto escalão da companhia e elogiado pela capacidade de fornecer dados precisos sobre a popularidade desses rivais, além de como consumidores utilizavam os apps. Os serviços que passaram pela avaliação da marca incluem YouTube, Snapchat, WhatsApp e Amazon.

Leia mais…

Tags

Compartilhe

10 notícias de tecnologia para você começar o dia (19/04)
Netflix supera expectativas em lucro e número de assinantes no começo de 2024
Telcomp: clientes das prestadoras regionais não são de segunda classe
Netflix tem alta de quase 80% no lucro e base de assinantes chega a 270 milhões
Nokia faz parceria e cria celular para amantes de cerveja; veja como funciona
Meta Llama 3 será executada em dispositivos com chips da Qualcomm
Para a Cisco, chegou a vez da segurança em todo lugar
Pesquisa aponta a necessidade de modernização dos escritórios para estimular trabalho presencial
Núclea adquire sistema de seguros da CERC e ingressa no mercado de registro
SKY FIBRA chega a mais 15 municípios com rede neutra da V.tal