O que está no acordo entre Telebras e Hispasat; veja principais pontos

Representantes do governo federal e delegação empresarial, incluindo Telebras e Hispasat, recebem o presidente da Espanha, Pedro Sánchez, no Palácio do Planalto | Foto: Ricardo Stuckert / PR

O Ministério das Comunicações assinou um Memorando de Entendimento com o governo espanhol, que prevê cooperação entre a Telebras e a Hispasat, que atende a América Latina em parceria com o Grupo Telefônica. A parceria envolve o lançamento de um novo satélite na modalidade de compartilhamento.

O acordo avançou na última semana. A assinatura ficou para esta quarta-feira, 6, durante visita do presidente da Espanha, Pedro Sánchez, no Palácio do Planalto, em Brasília. O memorando tem vigência imediata e valerá por três anos, sem vinculação jurídica.

O documento descreve que a Hispasat, por meio de sua subsidiária brasileira Hispamar, “propõe realizar novos investimentos no Brasil para o desenvolvimento, lançamento e operação de um novo satélite geoestacionário de comunicações flexível que utilize recursos de órbita e espectro brasileiros e controlado a partir de seu centro de controle, no Rio de Janeiro (RJ)”.

O projeto está alinhado às políticas de inclusão digital e visa atender principalmente unidades de ensino e saúde “em territórios rurais menos favorecidos, com expectativa de entrada em operação no final de 2027”.

Há previsão de utilizar recursos do Fundo para a Internacionalização da Empresa (FIEM), gerido pelo Ministério de Economia, Comércio e Empresa da Espanha, ou do projeto Global Gateway da União Europeia, destinado a apoiar investimentos no setor digital, energético e de infraestruturas.

“A Hispasat tem o interesse e a capacidade para colaborar com a administração pública brasileira na concepção e promoção de planos destinados a reduzir a exclusão digital nos ambientes rurais do território brasileiro e na transformação digital dos serviços públicos essenciais que o Estado brasileiro presta aos cidadãos”, consta no memorando de acordo com a Telebras.

Equipe técnica

Presidentes Lula e Pedro Sánchez (ao centro) em assinatura do memorando de entendimento entre Telebras e Hispasat | Foto: Ricardo Stuckert / PR

A cooperação será conduzida por uma equipe técnica, copresidida entre os ministérios dos dois países, levando em conta os seguintes objetivos principais:

Identificar, dimensionar e quantificar em termos econômicos as necessidades atuais da demanda de conectividade via satélite do Brasil;
A partir do diagnóstico, projetar essas necessidades num horizonte temporal de pelo menos 15 anos;
Compartilhar experiências e conhecimentos sobre a governança e os mecanismos operacionais das infraestruturas espaciais e fazer recomendações sobre o quadro de governança ideal para o futuro funcionamento das capacidades espaciais compartilhadas;
Avaliar as características iniciais necessárias das capacidades espaciais, para satisfazer a demanda de conectividade presente e futura;
Explorar a possibilidade de desenvolver um projeto de compartilhamento de novas infraestruturas espaciais que atendam às necessidades da República Federativa do Brasil e que garantam a independência e autonomia do Estado para o desenvolvimento de programas de políticas públicas destinados a eliminar a exclusão digital; e
Explorar a possibilidade de desenvolver projetos de formação tecnológica e científica com universidades brasileiras para dispor de uma mão de obra especializada no País no âmbito do Espaço.

Ainda de acordo com o documento, “o Ministério da Economia, Comércio e Empresa da Espanha declara sua intenção de apoiar e promover o desenvolvimento do projeto, especialmente através da Rede de Escritórios Econômicos e Comerciais da Espanha no Exterior, bem como explorar a possibilidade de buscar mecanismos de financiamento para este projeto através dos instrumentos de apoio financeiro oficial para a internacionalização de empresas espanholas ou outras iniciativas estratégicas”.

Há um termo de compromisso para proteção da propriedade intelectual sob os trabalhos. O documento destaca também que é da Telebras a prioridade no atendimento aos serviços satelitais contratados pelo Poder Público, por força de lei.

O post O que está no acordo entre Telebras e Hispasat; veja principais pontos apareceu primeiro em TeleSíntese.

Tags

Compartilhe

10 notícias mais importantes da semana (15/04 a 19/04)
Dono da Claro promete investimento de R$ 40 bilhões no Brasil; confira
Direitos do Consumidor no mundo digital são pautados pelo MCom; confira
Apple é obrigada a retirar WhatsApp e Threads da loja de apps na China
Itaú Unibanco lança função "transferir limites" para seus cartões
Dell Technologies expande armazenamento multicloud para aplicações de IA Azure
Malware mira usuários da Apple em 92 países
Com receita de R$ 555 milhões, Selbetti Tecnologia registra crescimento de 23%
Após o aporte do início do ano, Skyone adquire companhia por R$ 15 milhões e reforça presença em cloud
NovaRed e E-TRUST anunciam parceria para a oferta de gerenciamento de identidade e acessos