MVNO da NTT DATA inicia oferta de conectividade IoT na América Latina

Depois da Europa, América do Norte e Japão, agora a Transatel está expandindo sua infraestrutura de rede central na América Latina para apoiar implementações internacionais de conectividade IoT e IoV (Internet de Veículos).

Com um crescimento de quase dois dígitos em ligações IoT de celulares, a região da América Latina registra uma adoção crescente de soluções de Internet das Coisas em setores como agricultura, manufatura, transporte, saúde e cidades inteligentes. Cada vez mais, as empresas estão aproveitando as tecnologias IoT para melhorar a eficiência operacional, aprimorar os processos de tomada de decisão, reduzir custos e oferecer novos serviços aos clientes.

A Transatel já está oferecendo conectividade de dados 2G a 5G e LTE-M por meio dos seus próprios acordos de acesso com operadores de redes móveis nacionais em toda a região. Mas para entrar adequadamente no continente, a empresa decidiu registrar-se como MVNO completo no Brasil, em parceria com a operadora móvel TIM, e instalar dois pontos de presença regionais (POP) em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Entre os provedores globais de serviços de conectividade celular, a Transatel se destaca por alcançar a plena conformidade com as regulamentações locais e normas legais, mantendo um forte compromisso com o nível de serviço necessário para conectar ativos IoT de alto valor, como veículos.

Agora parte da NTT DATA, a empresa se tornou uma das principais MVNOs globais de dados, fornecendo conectividade IoT gerenciada em mais de 200 países e territórios, graças a centenas de acordos de acesso à rede com operadoras móveis locais. Uma cobertura global foi recentemente ampliada com três parcerias com operadoras não terrestres para garantir a continuidade do serviço, mesmo nas regiões mais remotas do globo, como a Amazônia.

O portfólio de clientes da Transatel abrange diversos setores e conta com OEMs e integradores internacionais líderes como Airbus, Jaguar Land Rover, Stellantis e Worldline.

Tags

Compartilhe

TIM amplia rede 5G para mais de 57 cidades em diversos estados
Apenas 22% dos brasileiros tem acesso a boa conectividade; veja estudo
Claro e Embratel lançam programa que facilita acesso de startups ao Open Gateway
Claro registra receita de R$ 11,77 bilhões no 1º tri, alta de 5%
Magalu Cloud lança produtos de armazenamento e segurança
B3 lança solução de ativos tokenizados para viabilizar a arrecadação de fundos
Explorando o mundo dos dados: uma metáfora culinária
Oi quer regulação das redes neutras e mudanças em interconexão
Alloha Fibra diz que mudança no conceito de PPP pode “implodir” negócios
Condecine: Senadores rejeitam emenda que blindaria YouTube e TikTok