Mercado global de equipamentos de telecom encolhe 5% em 2023

Lenta transição para o 5G SA contribuiu para o declínio do mercado de equipamentos de telecom em 2023, aponta Dell’Oro (crédito: Freepik)

A receita global de equipamentos de telecomunicações diminuiu 5% em 2023, na comparação com o ano anterior, indicam dados preliminares do Grupo Dell’Oro. O resultado, puxada pelo fraco desempenho do setor na América do Norte, foi “pior do que o esperado”, afirma a consultoria.

A queda em 2023 é a primeira em cinco anos. Segundo a Dell’Oro, o mercado vinha estável na primeira metade do ano passado, mas caiu “rapidamente para o negativo no segundo semestre”.

O levantamento analisa os seguintes segmentos de equipamentos de telecomunicações: acesso de banda larga, transporte óptico e de micro-ondas, rede central móvel (MCN, na sigla em inglês), rede de acesso via rádio (RAN) e roteadores e switches para provedores de serviços de internet (ISPs).

O relatório da Dell’Oro aponta que o declínio pode ser explicado pela “lenta transição para o 5G SA”, o que impactou os investimentos em redes sem fio. Inclusive, destaca que a desaceleração do capex não se limita às cadeias de RAN e MCN.

A consultoria também sugere que as operadoras reduziram os investimentos em banda larga doméstica, embora tenham incrementado os investimentos em redes de transporte óptico e pontos de acesso.

Do ponto de vista geográfico, o mercado “diminuiu mais rápido do que o esperado” na América do Norte, onde houve uma queda anual de cerca de 20% influenciada pelo débil desempenho de equipamentos de RAN e banda larga. No entanto, a consultoria ressalta que, excluindo os Estados Unidos, as receitas mundiais avançaram em 2023, com destaque para o crescimento na região da Ásia-Pacífico.

Fornecedores

No ano passado, a Huawei manteve a posição de líder de mercado. Na verdade, apesar das restrições dos Estados Unidos e de alguns mercados europeus, a marca conseguiu ampliar a sua participação no setor.

A fornecedora chinesa foi responsável por 30% da receita do setor de equipamentos no ano passado, contra 28% em 2022. “A sua exposição limitada à região da América do Norte foi um benefício em 2023”, diz o relatório.

A participação da Nokia permaneceu estável em 15%, enquanto a da Ericsson caiu de 14%, em 2022, para 13%, em 2023. A ZTE aparece em quarto lugar, com a manutenção de 11% do mercado.

A Cisco aumentou a sua proporção de 5% para 6%, ao passo que a Ciena avançou de 3% para 4%. A Samsung ficou com 2% do mercado em 2023, ante 3% no ano anterior.

Segundo a Dell’Oro, as sete empresas citadas são responsáveis por 80% do mercado global de equipamentos.

Perspectivas

A consultoria aponta que as receitas globais do setor devem ficar estáveis ou cair até 5% em 2024. Em sua avaliação, as condições de mercado continuam desafiadoras, citando os custos mais elevados dos empréstimos e as flutuações cambiais, especialmente sobre as vendas na China e no Japão.

O post Mercado global de equipamentos de telecom encolhe 5% em 2023 apareceu primeiro em TeleSíntese.

Tags

Compartilhe

Netflix supera expectativas em lucro e número de assinantes no começo de 2024
Telcomp: clientes das prestadoras regionais não são de segunda classe
Netflix tem alta de quase 80% no lucro e base de assinantes chega a 270 milhões
Nokia faz parceria e cria celular para amantes de cerveja; veja como funciona
Meta Llama 3 será executada em dispositivos com chips da Qualcomm
Para a Cisco, chegou a vez da segurança em todo lugar
Pesquisa aponta a necessidade de modernização dos escritórios para estimular trabalho presencial
Núclea adquire sistema de seguros da CERC e ingressa no mercado de registro
SKY FIBRA chega a mais 15 municípios com rede neutra da V.tal
Sociedade poderá opinar sobre os avanços da inteligência artificial