Mais integrada, Alloha Fibra cresce em 2023

O Grupo Alloha Fibra encerrou o ano de 2023 com receita bruta total consolidada de R$ 1,9 bilhão e crescimento de 11,13% em relação ao ano anterior. O EBITDA também registrou aumento de 27% no mesmo período totalizando R$ 688 milhões. Este desempenho refletiu na margem EBITDA, que alcançou 42,5%, uma evolução de cinco pontos percentuais em comparação a 2022.

A empresa divulgou os resultados hoje, 21. Ontem, a Sumicity, empresa do grupo, havia divulgado seus dados financeiros, como noticiado pelo Tele.Síntese, juntamente com dados operacionais do grupo. Hoje, a Alloha divulgou os dados consolidados, reunindo todos os provedores que compõem o negócio.

De acordo com a Anatel, o Grupo Alloha Fibra segue como líder nacional do segmento de Provedores de Serviços de Internet (ISPs). A Companhia finalizou 2023 com aproximadamente 1,6 milhão de assinantes, representando um aumento de 13,2% na comparação com 2022.

A empresa tem 7,8 milhões de homes passeds (casas que podem assina seus serviços de banda larga fixa por fibra óptica), em todas as regiões do Brasil. A companhia também chegou a 280 cidades no varejo, e a 864 no mercado corporativo.

Segundo o CEO Lorival Luz (na foto acima), a companhia segue empenhada em identificar oportunidades de crescimento, seja por expansão orgânica (construção própria) ou inorgânica (via aquisições).

“Olhamos o crescimento sustentável e avaliamos o potencial retorno financeiro de cada estratégia. O crescimento orgânico segue alinhado ao nosso plano, que contempla ampliar a penetração de nossa rede e o desenvolvimento de novas soluções e serviços”, ressalta.

“Já o inorgânico é cuidadosamente avaliado respeitando nossa governança e mirando a expansão em regiões menos acessíveis e com potencial de ampliação. Isso demonstra nossa proatividade e preparo para aproveitar oportunidades que possam surgir, garantindo um horizonte promissor de expansão nos próximos anos”,  complementa o executivo.

Integração

O ano de 2023, a companhia avançou na integração de suas operações, incluindo reestruturação societária, integração de sistemas e a reorganização do negócio em duas unidades: B2C, liderada por Alexandre Lovecchio, voltada para vendas diretas ao consumidor, e B2B, liderada por Fábio Abreu, focada nos clientes corporativos, governo, operadoras e ISPs.

Essa mudança culminou na consolidação das marcas comerciais em duas: a Giga+ Fibra, voltada ao segmento B2C, e a Giga+ Empresas, para atender o B2B.

“Estamos apenas começando nossa jornada. Seguiremos trazendo soluções cada vez mais inovadoras, sempre priorizando a qualidade de nossos serviços, gerando valor para nossos clientes e promovendo impactos positivos em todo o País”, diz Lorival Luz.

O post Mais integrada, Alloha Fibra cresce em 2023 apareceu primeiro em TeleSíntese.

Tags

Compartilhe

Entenda o final de Antracite, nova série de suspense da Netflix
Horizon Forbidden West: veja configurações otimizadas para o jogo no PC
E se os vulcões da Antártida entrassem em erupção? Veja o estudo
Os 10 filmes mais pirateados da semana (13/04)
Salesforce está próxima de adquirir a Informatica
Como a série Fallout se encaixa na cronologia dos games?
Mês da Mentir.IA na Nuuvem tem ofertas, combo promocional e cupom exclusivo; veja como funciona
Cartola FC do Brasileirão 2024: veja como funciona a nova temporada
Como entender a conta de luz após colocar energia solar?
Uma das séries sci-fi mais promissoras do ano chega em breve ao Apple TV+; conheça Matéria Escura