Documentos revelam que Facebook espiou tráfego criptografado de apps rivais

A Meta, dona de redes sociais como Instagram e Facebook, interceptou e espionou dados de usuários que usavam aplicativos de plataformas rivais. A informação foi divulgada pelo site TechCrunch, com base em documentos que fazem parte de um processo judicial contra a empresa nos Estados Unidos.

Os arquivos liberados nesta terça-feira (26) detalham um plano da empresa por volta de 2016, envolvendo concorrentes como Snapchat, YouTube e o site da Amazon. A companhia queria compreender como os usuários interagiam com esses apps, o que atraía esse público e como o próprio Facebook poderia agir para reduzir a popularidade dessas rivais. 

Leia mais…

Tags

Compartilhe

TIM amplia rede 5G para mais de 57 cidades em diversos estados
Apenas 22% dos brasileiros tem acesso a boa conectividade; veja estudo
Claro e Embratel lançam programa que facilita acesso de startups ao Open Gateway
Claro registra receita de R$ 11,77 bilhões no 1º tri, alta de 5%
Magalu Cloud lança produtos de armazenamento e segurança
B3 lança solução de ativos tokenizados para viabilizar a arrecadação de fundos
Explorando o mundo dos dados: uma metáfora culinária
Oi quer regulação das redes neutras e mudanças em interconexão
Alloha Fibra diz que mudança no conceito de PPP pode “implodir” negócios
Condecine: Senadores rejeitam emenda que blindaria YouTube e TikTok