Sonda deve definir até março o destino de seu negócio de data center

Até o mês de março o grupo Sonda deve definir a proposta de venda de seus data centers (dois no Chile e um no Brasil, em Belo Horizonte), que deve resultar numa nova empresa, com controle acionário da própria Sonda e de um fundo de investimento que tenha sinergia com essa área.  A empresa já tem uma lista de três pretendentes para e escolha final.

“Esta decisão visa acelerar o crescimento de maneira sustentável na região, em linha com o que está definido no nosso Plano Estratégico 2022-2024. Procuramos ir mais longe para os nossos atuais e potenciais clientes, expandindo a cobertura geográfica da oferta de Colocation e potencializando os serviços que acompanham a sua transformação digital de forma integral, ágil e eficiente”, afirma José Orlandini, CEO da SONDA.

Orlandini acrescentou que o controle da nova empresa pela Sonda é mandatório, pois garante que haverá continuidade e segurança dos serviços prestados aos clientes.

Tags

Compartilhe

IBM disponibiliza modelo de código aberto Mixtral-8x7B na plataforma watsonx para impulsionar inovação em IA
Divisão automotiva da ThyssenKrupp é alvo de ciberataque
Estúdio de Crash e Spyro deixa Microsoft e vira produtora indie
Galaxy Ring será compatível com outros celulares Android, mas não com iPhones
Equinócio de outono e eclipse penumbral da Lua são os destaques do céu em março
Recuperando os recursos de navegação antigos no One UI 6.1 e Galaxy S24
Aproveite agora: Motorola Edge 40 com desconto de 38% – Oferta Imperdível!
Quais são os elos de Valorant e como subir rápido? Veja guia completo
Google libera novos recursos de pesquisa no Chrome; veja detalhes
Netflix: 7 filmes e séries em alta para ver no fim de semana