Juscelino Filho defende que taxa das Big Techs tramite em projeto separado ao da regulação das plataformas

O ministro das Comunicações, Juscelino Filho, pela primeira vez defendeu  publicamente a taxa das  empresas de internet, as Bigh Techs, para que elas contribuam para a expansão das redes te telecomunicações. O ministro entende que a cobrança de impostos das plataformas digitais deve ser tratada em projeto de lei em separado da discussão que começa a ser tratada no Congresso Nacional da regulamentação das plataformas digitais para impedir as fake news.

– O governo escalou a Secom – Secretaria de Comunicação da Presidência da República – para encabeçar esse debate, mas o Ministério das Comunicações vai, a partir deste ano, contribuir mais nesse diálogo, afirmou ele. Para  Juscelino, o tema voltou com força este ano,  depois de ter ¨esfriado¨ em 2023, o que é um movimento normal do Legislativo, para que o assunto amadureça. O presidente do Senado Federal anunciou ontem que pretende votar o projeto de lei de regulação das plataformas digitais até abril deste ano.

Para Juscelino Filho, as Big Techs  são as maiores geradoras de tráfego das redes de telecomunicações, e devem também contribuir para a expansão dessas redes e da inclusão digital. Para ele, a defesa dessas empresas, que advogam que essa taxação seria de fato a cobrança de um ¨pedágio¨, não pode prosperar.

¨O governo vai investir R$ 2 bilhões para a construção de infovias e redes de transporte nos próximos ano. Essa infraestrutura vai ser usada pelas big techs, que faturam bilhões. É justo que elas deixem algo no Brasil. Até porque essa estrutura vai trazer benefícios para elas próprias¨.

Blitz do celular

Juscelino Filho anunciou ainda, durante o evento Políticas de Telecomunicações promovido pelo Teletime e Universidade de Brasília, que este ano serão ampliadas as blitzes de qualidade da banda larga celular. Segundo ele, essas blitzes que começaram  a ser realizadas no ano passado em São Luiz do Maranhão, João Pessoa e Cabedelo, no Nordeste.

Essas fiscalizações serão feitas nas localidades onde os índices de reclamações são maiores. Ele disse que conta com a participação das operadoras de celular e que em seis meses depois de apurados os resultados, sejam novamente auditadas, para se verificar que os problemas foram resolvidos. Entre as questões fiscalizadas estão a ampliação da cobertura do sinal de 85% para 90% das cidades.

O post Juscelino Filho defende que taxa das Big Techs tramite em projeto separado ao da regulação das plataformas apareceu primeiro em TeleSíntese.

Tags

Compartilhe

IBM disponibiliza modelo de código aberto Mixtral-8x7B na plataforma watsonx para impulsionar inovação em IA
Divisão automotiva da ThyssenKrupp é alvo de ciberataque
Estúdio de Crash e Spyro deixa Microsoft e vira produtora indie
Galaxy Ring será compatível com outros celulares Android, mas não com iPhones
Equinócio de outono e eclipse penumbral da Lua são os destaques do céu em março
Recuperando os recursos de navegação antigos no One UI 6.1 e Galaxy S24
Aproveite agora: Motorola Edge 40 com desconto de 38% – Oferta Imperdível!
Quais são os elos de Valorant e como subir rápido? Veja guia completo
Google libera novos recursos de pesquisa no Chrome; veja detalhes
Netflix: 7 filmes e séries em alta para ver no fim de semana