Microsoft acusa Rússia de espionar seus executivos

Na última sexta-feira, 19, a agência Reuters apurou que, segundo informações dadas pela empresa, hackers patrocinados pelo Estado russo teriam invadido os sistemas da Microsoft no dia 12 de janeiro. O ataque teria resultado no roubo de alguns e-mails e documentos de contas de funcionários.

Segundo as informações, o grupo teria acessado apenas uma pequena porcentagem de contas e e-mails corporativos. Os setores visados pelos atacantes foram membros da equipe de liderança sênior e funcionários em suas funções de segurança cibernética, jurídica e outras, como apontou a empresa.

A agência apurou que os cibercriminosos teriam usado um ataque de pulverização de senha, iniciado em novembro do ano passado, com objetivo de violar uma plataforma da Microsoft. Assim, os hackers utilizaram a senha comprometida para acessar diversas contas que fossem relacionadas.

Por fim, após detectar a invasão, a empresa diz ter investigado o incidente e interrompido a atividade maliciosa, bloqueando todos os acessos do grupo ao seus sistemas.

A Embaixada Russa em Washington e o Ministério das Relações Exteriores não responderam a Reuters a respeito do incidente.

Tags

Compartilhe

Telescópio Espacial James Webb Revela Estrutura Óssea de uma Deslumbrante e Solitária Galáxia
Motorola Solutions nomeia Nicole Anasenes para o Conselho de Administração
Duna Parte 2 é um filme épico, divertido e que não dá sono - Opinião
Procon-SP notifica HBO Brasil após mudanças no streaming Max
Elon Musk processa OpenAI por 'traição' ao virar uma empresa que busca lucros
Rival da Steam libera novo jogo grátis no PC; resgate agora!
IBM disponibiliza modelo de código aberto Mixtral-8x7B na plataforma watsonx para impulsionar inovação em IA
Divisão automotiva da ThyssenKrupp é alvo de ciberataque
Estúdio de Crash e Spyro deixa Microsoft e vira produtora indie
Galaxy Ring será compatível com outros celulares Android, mas não com iPhones