Meta permitirá que usuários europeus decidam sobre o rastreamento de dados entre os apps

A Meta precisará se adequar à Lei de Mercados Digitais (DMA) da União Europeia (UE) e deixar que os usuários decidam sobre o compartilhamento de dados entre os sites da empresa. As novas regras entram em vigor no dia 7 de março.

Segundo a UE, a Meta é uma empresa “gatekeeper”, ou seja, uma porteira que controla os acessos. Ela tem uma série de produtos entre os “serviços de plataformas essenciais”: Facebook, Instagram, WhatsApp, Messenger e Marketplace. Assim, ela não deve combinar dados entre as plataformas sem consentimento do usuário.

Leia mais…

Tags

Compartilhe

IBM disponibiliza modelo de código aberto Mixtral-8x7B na plataforma watsonx para impulsionar inovação em IA
Divisão automotiva da ThyssenKrupp é alvo de ciberataque
Estúdio de Crash e Spyro deixa Microsoft e vira produtora indie
Galaxy Ring será compatível com outros celulares Android, mas não com iPhones
Equinócio de outono e eclipse penumbral da Lua são os destaques do céu em março
Recuperando os recursos de navegação antigos no One UI 6.1 e Galaxy S24
Aproveite agora: Motorola Edge 40 com desconto de 38% – Oferta Imperdível!
Quais são os elos de Valorant e como subir rápido? Veja guia completo
Google libera novos recursos de pesquisa no Chrome; veja detalhes
Netflix: 7 filmes e séries em alta para ver no fim de semana