Buraco negro supermassivo mais antigo é detectado em galáxia moribunda, diz estudo

De acordo com um estudo recente publicado na revista científica Nature, uma equipe de cientistas detectou um buraco negro que pode ser considerado o mais antigo já descoberto pela ciência — ele foi detectado após os pesquisadores detectarem o brilho de uma galáxia. Os dados apontam que o objeto massivo surgiu apenas 400 milhões de anos após o Big Bang e possui cerca de 1,6 milhão de vezes a massa do nosso Sol. 

A partir de observações do Telescópio Espacial James Webb (JWST), os cientistas coletaram dados de um buraco negro que pode ter surgido há aproximadamente 13 bilhões de anos. A equipe de cientistas da Universidade de Cambridge afirma que o objeto massivo é tão poderoso que está puxando a galáxia para seu horizonte de evento — um dia, essa reação causará a destruição completa da galáxia.

Leia mais…

Tags

Compartilhe

10 notícias mais importantes da semana (26/02 a 01/03)
Sem sinal? Clientes TIM reclamam de falha na rede de telefonia móvel
WhatsApp atualiza e agora é possível pesquisar conversas por data
Entenda o final de O Astronauta, filme da Netflix com Adam Sandler
Xbox: jogos com até 95% de desconto para Xbox One e Series S|X
PIB de informação e comunicação cresce 2,6% em 2023
Claro atinge 10 milhões de assinantes na banda larga fixa em janeiro
Justiça ordena que a Meta mude de nome no Brasil; entenda
Com quase 1 milhão de alunos, Vitru Educação coloca a IA para atender estudantes
Sistema antifraude da Biz terá atendimento via WhatsApp