OpenAI: revolução na liderança abala o futuro da Inteligência Artificial, entenda o caso

Na última sexta-feira, 17, o mercado de IA foi surpreendido com a notícia da demissão de Sam Altman do cargo de CEO da OpenAI. Contudo, quando pensamos ter visto um ponto final, Satya Nadella, CEO da Microsoft, revelou que Altman assumirá uma posição de destaque na empresa, liderando uma equipe dedicada à pesquisa em inteligência artificial.

As atitudes do conselho não foram bem recebidas pelos funcionários da empresa, que ameaçaram deixá-la. Entenda todos os acontecimentos:

Demissão de Sam Altman

O conselho de administração da OpenAI, Inc., que atua como órgão regulador geral para todas as atividades da OpenAI, anunciou nesta sexta-feira, 17, que Sam Altman deixará o cargo de CEO e deixará o conselho de administração. Mira Murati, diretora de tecnologia da empresa, atuará como CEO interina, com efeito imediato.

O comunica diz que a saída do Sr. Altman segue-se a um processo de revisão deliberativa por parte do conselho, que concluiu que ele não era consistentemente sincero nas suas comunicações com o conselho, prejudicando a sua capacidade de exercer as suas responsabilidades. O conselho não confia mais em sua capacidade de continuar liderando a OpenAI.

O conselho de administração da OpenAI consiste no cientista-chefe da OpenAI, Ilya Sutskever, nos diretores independentes, CEO da Quora, Adam D’Angelo, na empreendedora de tecnologia Tasha McCauley e Helen Toner, do Centro de Segurança e Tecnologia Emergente de Georgetown.

Microsoft Contrata Altman

Nessa segunda-feira, 20, a Microsoft, por meio de um comunicado do seu próprio CEO, revelou que Altman assumirá uma posição de destaque na empresa, liderando uma equipe dedicada à pesquisa em inteligência artificial.

Além disso, Greg Brockman e outros colegas da diretoria da OpenAI também se juntarão ao time de pesquisa junto a Altman.

“Continuamos comprometidos com nossa parceria com a OpenAI e confiamos em nosso roteiro de produtos, em nossa capacidade de continuar a inovar com tudo o que anunciamos no Microsoft Ignite e em continuar a apoiar nossos clientes e parceiros. Estamos ansiosos para conhecer Emmett Shear e a nova equipe de liderança da OAI e trabalhar com eles. E estamos extremamente animados em compartilhar a notícia de que Sam Altman e Greg Brockman, juntamente com colegas, se juntarão à Microsoft para liderar uma nova equipe de pesquisa de IA avançada. Estamos ansiosos para agir rapidamente para fornecer-lhes os recursos necessários para o seu sucesso.”, Satya Nadella em sua conta do LinkedIn.

Emmett Shear assume como CEO da OpenAI

Shear estava em uma pausa desde março desse ano, quando pediu demissão da Twitch, para poder dedicar-se ao seu filho.

“Aceitei este trabalho porque acredito que a OpenAI é uma das empresas mais importantes que existem atualmente. Quando o conselho compartilhou a situação e me pediu para assumir a função, não tomei a decisão levianamente. Em última análise, senti que tinha o dever de ajudar, se pudesse.”, Manifestou Shear em seu Twitter.

“Nossa parceria com a Microsoft continua forte e minha prioridade nas próximas semanas será garantir que continuaremos a atender bem todos os nossos clientes. Os funcionários da OpenAI são extremamente impressionantes, como você deve ter adivinhado, e extremamente voltados para a missão. E está claro que o processo e as comunicações em torno da remoção de Sam foram muito mal administrados, o que prejudicou seriamente a nossa confiança.”

Além disso, elaborou um plano de 3 pontos para os próximos 30 dias:

– Contrate um investigador independente para se aprofundar em todo o processo que leva até este ponto e gerar um relatório completo.

– Continue a falar com o maior número possível de nossos funcionários, parceiros, investidores e clientes, faça boas anotações e compartilhe as principais conclusões.

– Transformar a equipe de gestão e liderança à luz das recentes saídas em uma força eficaz para gerar resultados para nossos clientes.

O novo CEO promete mudanças na empresa, principalmente na parte que tange a governança.

OpenAI não é nada sem seu pessoal
Os demais líderes da empresa não se mostram contentes com as decisões tomadas pelo conselho. Greg Brockman, presidente, e Mira Murati, CTO, manifestaram-se contra as decisões publicamente.

“OpenAI não é nada sem seu pessoal”, expos Murati em sua conta do Twitter.

“Nós também ainda estamos tentando descobrir exatamente o que aconteceu. Aqui está o que sabemos: – Ontem à noite, Sam recebeu uma mensagem de Ilya pedindo para conversar ao meio-dia de sexta-feira. Sam participou de um Google Meet e todo o conselho, exceto Greg, estava lá. Ilya disse a Sam que estava sendo demitido e que a notícia seria divulgada muito em breve. – Às 12h19, Greg recebeu uma mensagem de Ilya pedindo uma ligação rápida. Às 12h23, Ilya enviou um link do Google Meet. Greg foi informado de que ele estava sendo removido do conselho (mas era vital para a empresa e manteria seu cargo) e que Sam havia sido demitido. Na mesma época, a OpenAI publicou uma postagem no blog. – Pelo que sabemos, a equipa de gestão tomou conhecimento disto pouco depois, além de Mira que descobriu na noite anterior. A manifestação de apoio foi muito boa; obrigado, mas por favor não perca tempo se preocupando. Nós ficaremos bem. Coisas maiores em breve.”, Twitou Brockman.

Em seu Twitter, Ilya Sutskever lamentou sua participação nas ações do conselho, alegando que nunca quis prejudicar a empresa.
Funcionários pedem a renuncia do conselho
Em uma carta, 504 dos 700 funcionários da Open AI assinaram uma petição pedindo a renúncia do conselho da Open AI. Além disso, pedem pelo retorno de Sam Altman e Greg Brockman.
Leia a carta:

Aos Membros do Conselho Administrativo da OpenAI,

A OpenAI é a principal empresa de inteligência artificial do mundo. Nós, os funcionários da OpenAI, desenvolvemos os melhores modelos e levamos o campo a novas fronteiras. Nosso trabalho em segurança e governança de IA molda normas globais. Os produtos que construímos são utilizados por milhões de pessoas ao redor do mundo. Até o momento, a empresa para a qual trabalhamos e valorizamos nunca esteve em uma posição mais forte.

O processo pelo qual vocês encerraram o contrato com Sam Altman e removeram Greg Brockman do conselho comprometeu todo esse trabalho e minou nossa missão e empresa. A conduta de vocês deixou claro que não possuem a competência necessária para supervisionar a OpenAI.

Quando todos nós soubemos inesperadamente de sua decisão, a equipe de liderança da OpenAI agiu rapidamente para estabilizar a empresa. Eles ouviram atentamente suas preocupações e tentaram cooperar com vocês em todos os aspectos. Apesar de muitos pedidos por fatos específicos para suas alegações, vocês nunca forneceram qualquer evidência por escrito. Eles também perceberam cada vez mais que vocês não eram capazes de cumprir suas funções e estavam negociando de má-fé.

A equipe de liderança sugeriu que o caminho mais estabilizador para o futuro – o que melhor serviria à nossa missão, empresa, partes interessadas, funcionários e público – seria a renúncia de vocês e a nomeação de um conselho qualificado que pudesse conduzir a empresa com estabilidade.

A liderança trabalhou com vocês incessantemente para encontrar uma solução mutuamente aceitável. No entanto, em dois dias após a sua decisão inicial, vocês substituíram novamente a CEO interina Mira Murati contra os melhores interesses da empresa. Vocês também informaram à equipe de liderança que permitir que a empresa seja destruída “seria consistente com a missão”.

Suas ações deixaram claro que vocês são incapazes de supervisionar a OpenAI. Não podemos trabalhar para ou com pessoas que carecem de competência, julgamento e cuidado com nossa missão e funcionários. Nós, os abaixo-assinados, podemos optar por renunciar à OpenAI e nos juntar à subsidiária recém-anunciada pela Microsoft, dirigida por Sam Altman e Greg Brockman. A Microsoft nos assegurou que há posições para todos os funcionários da OpenAI nesta nova subsidiária, caso optemos por nos juntar a ela. Tomaremos essa medida iminentemente, a menos que todos os membros atuais do conselho renunciem, e o conselho nomeie dois novos diretores independentes líderes, como Bret Taylor e Will Hurd, e reintegre Sam Altman e Greg Brockman.

“Cerca de 650/770 assinaram neste momento. À medida que as pessoas começarem a acordar, mais virão. Todos os esforços começaram depois de 1h30, mais de 500 em duas horas e tudo isso depois de 2 dias loucos com muito pouco sono.”, Lilian Weng, Head of Safety Systems at OpenAI.

Tags

Compartilhe

Justiça manda Google suspender posts policiais com mensagens de ódio no YouTube
Hacker afirma ter invadido e roubado informações de próximos lançamentos da AMD
Fã de Lost? Veja 7 séries parecidas para assistir na Netflix
Lunistício: entenda o que é a grande paralisação lunar e sua relação com Stonehenge
satisfacao-de-usuarios-com-anatel-tem-pior-resultado-em-seis-anos
Satisfação de usuários com Anatel tem pior resultado em seis anos
anatel-pede-mais-informacoes-para-decidir-sobre-adiamento-de-clausulas-do-rgc
Anatel pede mais informações para decidir sobre adiamento de cláusulas do RGC
responsabilidade-na-economia-da-ia-e-o-tema-do-febraban-tech
Responsabilidade na economia da IA é o tema do Febraban Tech
cirion-investe-mais-em-rede-para-interconectar-data-centers
Cirion investe mais em rede para interconectar data centers
para-baigorri,-verificacao-de-conta-deve-ser-regra,-nao-produto
Para Baigorri, verificação de conta deve ser regra, não produto
data-analytics:-como-garantir-decisoes-assertivas-a-partir-de-dados-do-crm-e-fora-dele
Data Analytics: como garantir decisões assertivas a partir de dados do CRM e fora dele