Solução da Visa busca aumentar número de transações autorizadas com segurança

A Visa apresenta ao mercado os resultados iniciais do projeto Autorização 360º. Criado com o objetivo de minimizar o índice de transações legítimas declinadas, ele foi desenvolvido junto a emissores de forma a criar um fluxo de autorização mais ágil, confiável e de maior segurança.

Além das transações comuns, o projeto também atuou no estímulo a transações tokenizadas, que vêm ganhando espaço conforme a busca por soluções de pagamento digital aumenta. Os resultados mostram que ao fim do primeiro ano de implementação houve um aumento de 48 milhões de transações aprovadas, ou seja, transações que seriam erroneamente negadas no ato da compra que passaram a ser autorizadas graças aos esforços do projeto.

O projeto foi desenvolvido seguindo três fases de implementação, cada uma ajustada à realidade e maturidade dos parceiros participantes. A primeira fase tem como objetivo a identificação e implementação de melhorias operacionais alinhadas às melhores práticas de mercado. Na segunda fase, é desenvolvida uma visão estratégica juntamente com as equipes decisórias dos parceiros, atuando de forma a identificar e mitigar os gargalos operacionais. Por fim, na terceira e última fase, são implementadas as soluções tecnológicas desenvolvidas, melhorias em processos humanos, além de um monitoramento recorrente da efetividade do projeto.

“O projeto Autorização 360º surgiu com o intuito de solucionar um problema recorrente que machuca todas as partes envolvidas no ato de uma compra ou venda. Quando uma transação legítima é negada, consumidor, vendedor e emissor se frustram, o que pode gerar um impacto financeiro considerável em longo prazo.” Afirmou Tiago Moherdaui, vice-predisente da Visa Consulting & Analytics. “Com este projeto, nós temos a oportunidade de trabalhar de forma muito próxima com emissores para entender quais gargalos de operação geram estas falhas e qual a melhor forma de resolvê-los. O diferencial deste projeto é a forma como busca atender às individualidades de diferentes parceiros, analisando e implementando soluções que se adequam a cada realidade”.

Em alguns emissores foram registrados ganhos acima de 10 pontos percentuais no número de transações aprovadas, principalmente nas chamadas transações não presentes, aquelas realizadas no e-commerce, sem elevar o índice de fraude. Este crescimento nas transações realizadas na internet também se deu graças a outro aspecto importante do projeto, a expansão de soluções para transações tokenizadas. Em alguns casos, o uso de transações tokenizadas aumentou em 15 pontos percentuais, o que se reflete num ambiente de compra e venda mais seguro e estável.

Os resultados alcançados até aqui foram possíveis graças à integração de diversas áreas da Visa na busca por soluções para um problema que pode ter origens tão diversas, atuando de forma conjunta com as equipes decisórias dos emissores. Entre as alavancas do projeto, destacam-se o envolvimento de equipes multidisciplinares trabalhando em prol de clientes, regras de governança estabelecidas pela Visa, relatórios automatizados e novos estudos que embasam decisões estratégicas, entre outros.

Tags

Compartilhe

Positivo Servers & Solutions Eleva o Programa de Canais PSS Connect com Mais de 180 Parceiros e Incentivos Financeiros
Referência a Silent Hill em trailer de OD? Kojima deixa enigma
Os Simpsons: ChatGPT transforma cientistas famosos em personagens do desenho
O que esperar da cibersegurança em 2024?
Maior velocidade de internet equivale a mais segurança? Aparentemente sim.
Google revela 10 jogos mais buscados em 2023! Veja o ranking
One UI 6.1 terá criador de wallpapers com IA e mais novidades, segundo rumores
Netflix recebe filme de suspense chocante! Conheça Tempo
BC dá mais um passo para o Pix automático, que começa em outubro de 24
Equipe do Inatel vai lançar nanossatélite nacional em foguete
%d