Vivo ganha aval da Anatel para reduzir capital social em até R$ 5 bilhões

Vivo recebe aprovação da Anatel para reduzir o capital social (crédito: Freepik)

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou o pedido de anuência prévia da Vivo para redução do capital social da operadora. A solicitação havia sido encaminhada em fevereiro e foi avaliada pelo conselho diretor do órgão regulador na última sexta-feira, 15.

O procedimento prevê que a Vivo possa fazer uma ou mais reduções do seu atual capital social (R$ 63.571.415.865,09), contanto que respeite o valor máximo de R$ 5 bilhões. A operação, antes de ser posta em prática, precisa ser aprovada pela mesa diretora da companhia e pelos acionistas.

A Vivo, marca do Grupo Telefónica no Brasil, protocolou o pedido de anuência prévia na Anatel no dia 15 de fevereiro deste ano. A avaliação ocorreu durante a 925ª reunião do Conselho Diretor da agência, na sexta-feira passada. A operadora, por meio de fato relevante, informou o mercado sobre o parecer favorável no domingo, 17. Na votação, o pedido foi aprovado por unanimidade.

Redução de capital

Quando encaminhou o pedido de anuência prévia, a Vivo informou que, em caso de aprovação, tinha a intenção de fazer uma ou mais reduções de capital. O procedimento pode ser feito no atual exercício social ou em período futuros.

“As reduções poderão ser efetivadas mediante a restituição de recursos aos seus acionistas na proporção de sua participação acionária nas respectivas datas-bases a serem fixadas e sem o cancelamento de suas ações”, informou a operadora, em fato relevante divulgado no dia 15 de fevereiro.

Além disso, vale destacar que o pedido de anuência prévia apenas confere a autorização para realizar ou não a redução de capital, de modo que, após a aprovação, não necessariamente a Vivo é obrigada a realizá-la.

“O Pedido de Anuência, caso autorizado pela ANATEL, não implica a obrigatoriedade da efetivação das Reduções, mas tão somente faculdade para que a Companhia possa realizá-las ou não”, salientou a companhia, no mesmo documento.

Avaliação do mercado

Na avaliação de analistas do banco Santander, a Vivo deve concluir os procedimentos para aplicar as reduções de capital (aprovações do conselho de administração e dos acionistas) ainda neste ano. A operação, estimam, deve ser realizada em duas partes, com a distribuição de R$ 2,5 bilhões em 2023 e do outro montante de mesmo valor no próximo ano.

“Vemos a aprovação da Anatel como positiva, pois acreditamos que a redução de capital proporcionará à Vivo todos os mecanismos necessários para distribuir a maior parte da sua geração de fluxo de caixa livre de volta aos acionistas”, avaliam os analistas.

O post Vivo ganha aval da Anatel para reduzir capital social em até R$ 5 bilhões apareceu primeiro em TeleSíntese.

Tags

Compartilhe

pure-storage-lanca-o-primeiro-copilot-de-ia-para-armazenamento
Pure Storage lança o primeiro copilot de IA para armazenamento
asus-e-o-pc-gamer-usado-mais-vendido,-segundo-olx
ASUS é o PC gamer usado mais vendido, segundo OLX
combate-a-pirataria-sera-automatizado,-diz-anatel
Combate à pirataria será automatizado, diz Anatel
ia-na-pratica:-febraban-tech-tera-mostras-de-usos-da-ferramenta
IA na prática: Febraban Tech terá mostras de usos da ferramenta
Justiça manda Google suspender posts policiais com mensagens de ódio no YouTube
Hacker afirma ter invadido e roubado informações de próximos lançamentos da AMD
Fã de Lost? Veja 7 séries parecidas para assistir na Netflix
Lunistício: entenda o que é a grande paralisação lunar e sua relação com Stonehenge
satisfacao-de-usuarios-com-anatel-tem-pior-resultado-em-seis-anos
Satisfação de usuários com Anatel tem pior resultado em seis anos
anatel-pede-mais-informacoes-para-decidir-sobre-adiamento-de-clausulas-do-rgc
Anatel pede mais informações para decidir sobre adiamento de cláusulas do RGC
Related Posts