Como usar a Inteligência Artificial a seu favor nos estudos

Com o avanço da tecnologia, a Inteligência Artificial (IA) está sendo implementada em diversas áreas, entre elas a Educação. A IA pode ajudar na produtividade e na organização de conteúdos, para que os estudantes possam identificar os pontos em que sentem mais dificuldade e abordá-los com mais ênfase. O uso de ferramentas tecnológicas otimiza o tempo de estudos e auxilia os candidatos a se prepararem para vestibulares e Enem.

Siga o tecflow no Google News!Participe do nosso grupo no Telegram ou Whatsapp!Confira nossos stories no Instagram e veja notícias como essa!Siga o tecflow no Google Podcast Spotify Podcast para ouvir nosso conteúdo!Anuncie conosco aqui.

“Durante o segundo semestre do ano, os alunos focam em atividades extracurriculares para as provas de final de ano, e a Inteligência Artificial é uma grande aliada neste período. Os recursos de IA são capazes, por exemplo, de criar um cronograma de atividades e distribuí-las em determinados horários, para que os estudantes possam se organizar e estudar os conteúdos regradamente”, comenta o influenciador de Matemática Daniel Ferretto, que tem mais de 3 milhões de seguidores no Youtube e é fundador da Plataforma Ferretto, com foco na preparação para o Enem e vestibulares.

O influenciador listou motivos para aderir ao uso da IA na hora de estudar:

Personalização no plano educacional 

A IA é capaz de processar grandes volumes de dados e realizar análises detalhadas do desempenho de um aluno. Isso ajuda educadores e alunos a identificar padrões, compreender o progresso ao longo do tempo, e destacar áreas em que mais esforços são necessários.

“A Inteligência Artificial na educação é como um espelho que reflete com precisão o desempenho dos alunos, fornecendo insights valiosos para aprimorar suas habilidades e estimular o crescimento contínuo”, resume Ferretto.

Auxílio de aprendizado em novas línguas  

Esta tecnologia também facilita o estudo de línguas estrangeiras   como o Inglês e o Espanhol, cobrado no Enem e na maioria dos vestibulares. Isso porque as ferramentas fornecem traduções de alta qualidade e recursos de compreensão de idiomas. Para o docente, a IA serve como um aliado.

“Com a ajuda de assistentes virtuais, os estudantes podem praticar a fala, a escrita e a compreensão oral em diferentes idiomas, expandindo suas habilidades linguísticas.”, avalia.

Recursos para análise de desempenho

Outra vantagem da Inteligência Artificial é auxiliar o candidato a analisar seu histórico de desempenho nas provas anteriores com mais eficácia, e com essa avaliação traz maior autoconfiança para o candidato e ajuda na performance futura.

“Por meio dos recursos e gráficos gerados via IA, o candidato pode identificar a frequência dos temas e quais têm mais chance de cair nos exames futuros,  entendendo melhor seus pontos fortes e fracos, e mirando em seus objetivos” , diz o docente. 

Desafio ético 

No entanto, é preciso ter cautela ao utilizar a Inteligência Artificial como ferramenta nos estudos, pois é importante usar o sistema de forma responsável e moral, tendo em mente que ele é apenas um complemento do que é aprendido em sala de aula. 

“Para usar a favor, é preciso que o uso seja consciente. O emprego da Inteligência Artificial na educação requer não apenas o ensino das máquinas, mas também a disseminação contínua dos valores humanos, para que a evolução tecnológica seja de fato sinônimo de progresso educacional e ético”, finaliza Ferretto.

Simulados inteligentes

E não somente os próprios alunos podem lançar mão desses recursos, como também as plataformas online de estudo, que oferecem conteúdo complementar e ganharam ainda mais força após a pandemia de Covid-19, com o ensino phygital- que mescla as aulas presenciais com o aprendizado remoto- sendo cada vez mais adotado por instituições e estudantes de todo o Brasil.

Plataforma Professor Ferretto é um dos canais que vem apostando na Inteligência Artificial a favor do estudo. Desde o início do ano, os alunos podem recorrer ao “Simulado Inteligente’’, uma ferramenta que ajusta os simulados de provas diariamente, conforme a performance do aluno. Questões de nível fácil, médio e difícil são geradas e adicionadas ao simulado conforme as respostas do treineiro. Dessa forma, o candidato consegue praticar o conteúdo aprendido de uma maneira muito mais efetiva e de acordo com as próprias particularidades. 

“Quando os estudantes têm acesso a plataformas que possuem Inteligência Artificial, fica muito mais fácil assimilar os conteúdos, e também testar seus conhecimentos e identificar pontos de melhoria, porque os materiais são desenvolvidos de acordo com as necessidades de cada um. Consequentemente, o resultado nas provas é melhor”, finaliza Ferretto.

Faça como os mais de 10.000 leitores do tecflow, clique no sino azul e tenha nossas notícias em primeira mão! Confira as melhores ofertas de celulares na loja parceira do tecflow.

Tags

Compartilhe

Netflix recebe temporada 6 de Cobra Kai! Relembre a história da série
De surpresa! Realme GT 6 é lançado no Brasil em duas cores por R$ 3.999
Apple 'alfineta' vigilância do Google Chrome em novo comercial do Safari
The Boys altera final da quarta temporada após tiros em Donald Trump
One UI 7 da Samsung pode ter grandes mudanças de design e interface
Sucesso! Fallout se torna segunda série de games mais indicada ao Emmy
Clone do Canva, Microsoft Designer agora está liberado para todos
Google Files pode ganhar compactação de arquivos em ZIP e novo visual
10 notícias de tecnologia para você começar o da (18/07)
ataques-ciberneticos-crescem-cerca-de-70%-no-brasil-em-um-ano
Ataques cibernéticos crescem cerca de 70% no Brasil em um ano