CAE aprova prorrogação da cota nacional na TV e no cinema

Cota para conteúdo nacional na TV e cinemas ainda deve ser discutida em duas comissões | Foto: Freepik

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal aprovou, nesta terça-feira, 22, o projeto de lei que prorroga a cota para conteúdo nacional na TV paga e no cinema (PL 3696/2023). O projeto agora precisa passar pela Comissão de Educação e Cultura (CE) e a Comissão de Comunicação e Direito Digital (CCDD).

Sem a prorrogação, a cota na TV por assinatura deixaria de existir a partir de 2024. Já a cota de tela nos cinemas expirou em 2021. A proposta é de vigência por mais 20 anos, até 2043.

Para a TV paga, a Lei de Acesso Condicionado (12.485/11) prevê que na oferta dos canais de programação em modalidade avulsa, 10% dos conteúdos que integrarem espaço qualificado deverão ser brasileiros.

No cinema, a regra é para reserva de um número mínimo de dias para a exibição de filmes nacionais, com tratamento especial para filmes brasileiros premiados em
festivais e regras específicas para quando conteúdos internacionais demandarem quantidade maior de salas. Os detalhes devem ser estabelecidos em regulamento específico, autorizada contribuição de entidades representativas nesta discussão posterior.

Ainda quanto às regras para obras cinematográficas, o texto do PL prevê uma prorrogação automática da norma caso o Poder Executivo não a edite até 31 de dezembro de cada ano.

A garantia da cota pelos próximos anos atende reivindicação de produtores brasileiros e da Agência Nacional do Cinema (Ancine). O projeto é de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP), com relatoria de Humberto Costa (PT-PE).

A discussão do projeto na CAE foi tumultuado, com pedido de vistas coletivas na última semana. A análise nesta terça se deu por aprovação simbólica. Caso a prorrogação da cota passe na CE e CCDD, pode seguir direto para a Câmara dos Deputados.

O post CAE aprova prorrogação da cota nacional na TV e no cinema apareceu primeiro em TeleSíntese.

Tags

Compartilhe

celulares-5g-custarao-r$-500,-diz-claro-na-tim,-e-hora-de-upsell.
Celulares 5G custarão R$ 500, diz Claro. Na TIM, é hora de upsell.
anatel-avalia-fazer-leiloes-de-espectro-em-2025,-2027-e-2029
Anatel avalia fazer leilões de espectro em 2025, 2027 e 2029
bets-ja-concorrem-com-telecom,-avaliam-operadoras
Bets já concorrem com telecom, avaliam operadoras
camara-aprova-projeto-que-amplia-incentivos-a-semicondutores,-paineis-fotovoltaicos-e-celulares
Câmara aprova projeto que amplia incentivos a semicondutores, painéis fotovoltaicos e celulares
cada-real-perdido-em-fraudes-custa-as-empresas-r$-3,59,-aponta-estudo 
Cada real perdido em fraudes custa às empresas R$ 3,59, aponta estudo 
vivo-cria-ia-generativa-para-assistente-do-atendente-de-call-center
Vivo cria IA Generativa para assistente do atendente de call center
ministro-chefe-do-gsi-estima-em-mais-de-r$-1-trilhao-prejuizo-do-pais-com-crimes-ciberneticos.
Ministro-chefe do GSI estima em mais de R$ 1 trilhão prejuízo do país com crimes cibernéticos.
extratos-bancarios-serao-padronizados-pelos-bancos-a-partir-de-8-de-julho
Extratos bancários serão padronizados pelos bancos a partir de 8 de julho
malware-contra-android-faz-espionagem-e-operacoes-de-ransomware
Malware contra Android faz espionagem e operações de ransomware
universidade-de-marilia-vai-construir-polo-tecnologico-especializado-em-ia
Universidade de Marília vai construir polo tecnológico especializado em IA