64% dos consumidores utilizam QR Code para realizar compras online

Hoje o Brasil registra mais de 930 mil sites de e-commerce no Brasil, segundo o estudo “Perfil do E-commerce Brasileiro”, e para quem é apaixonado por comprar online, uma parte importante do processo é o pagamento.

A pesquisa inédita E-commerce Trends 2024, realizada pela Octadesk em parceria com o Opinion Box, mostra que oferecer a opção de pagamento via QR Code pode agradar os 64% que conhecem e já utilizaram esse meio.

O recurso que funciona como “código de barras” digital vem passando por transformações, mas agora parece ter caído na graça dos consumidores. Para Rodrigo Ricco, CEO da Octadesk, o universo dos pagamentos online está repleto de opções para facilitar a vida dos usuários e é necessário oferecer opções de pagamento diversificadas para atrair consumidores para sua loja.

“Para que isso funcione, é preciso que o comércio eletrônico também acompanhe essas mudanças e o surgimento de novas e modernas formas de pagar pelos seus produtos com ainda mais rapidez, conveniência e segurança”, alerta.

A pesquisa afirma que a forma de pagamento é fator decisivo para que 39% dos entrevistados escolham determinado e-commerce para finalizar a sua compra. “Além de frete grátis (73%), promoções (64%) e prazo de entrega (48%), ampliar as possibilidades de pagamento pode ser uma excelente maneira de garantir mais compras para o seu negócio”, finaliza. Já o cashback, tão falado nos últimos anos, e usado como ferramenta de diferenciação em diversos programas de fidelidade, caiu em 10 pontos percentuais de um ano para o outro quando se trata de fatores que influenciam a compra.

A busca pela agilidade e praticidade no processo de compra faz com que 41% dos consumidores deixem seus dados de pagamento salvos. Para o especialista, esse hábito destaca a necessidade de eliminar atritos ao longo da jornada de venda, com o objetivo de incentivar o retorno do cliente e, mais importante ainda, que ele indique a empresa devido à ótima experiência proporcionada.

“Desde o primeiro contato com a marca até a entrega do produto, é crucial que as empresas otimizem suas operações e compreendam a jornada do cliente para identificar áreas de melhoria. Atualmente, a experiência do consumidor é um diferencial competitivo e desempenha um papel crucial na decisão de escolher uma marca em relação à outra”, ressalta.

Além do aumento da concorrência no mundo online, a frequência de quem compra online também cresceu: em 2022, o estudo mostrou que apenas 12% dos usuários compravam uma vez por semana. Agora em 2023, este número aumentou para 17%. A mesma coisa para quem compra várias vezes por semana, que quase dobrou, foi de 7% para 12%. Dos entrevistados, 23% optam pela compra online por ter os meios de pagamento de sua preferência.

Tags

Compartilhe

brasileiros-preferem-se-comunicar-com-marcas-por-meio-de-mensagens-instantaneas
Brasileiros preferem se comunicar com marcas por meio de mensagens instantâneas
procon-faz-consulta-sobre-uso-de-inteligencia-artificial-em-compras-online
Procon faz consulta sobre uso de Inteligência Artificial em compras online
universidades-do-brasil-e-do-reino-unido-vao desenvolver-um-framework-para-seguranca-preventiva
Universidades do Brasil e do Reino Unido vão desenvolver um framework para segurança preventiva
Afinal, o que quer a geração Z?
Ataques de Ransomware: empresas ainda estão sendo “sequestradas virtualmente”
Emulador de PC é barrado da App Store e desenvolvedores contestam decisão
Xbox: jogos com até 95% de desconto para Xbox One e Series S|X
Genética ou estilo de vida? O que importa para viver mais?
selic-continua-em-10,5%-em-decisao-unanime-do-copom
Selic continua em 10,5% em decisão unânime do Copom
corte-alema-pavimenta-caminho-para-o-“fair-share”
Corte alemã pavimenta caminho para o “fair share”