Senacon e Conar discutem regras para anúncios nas plataformas digitais

Representantes da Senacon, Conar e Cenp se reúnem em Brasília para debater regras sobre anúncios digitais | Foto: Divulgação

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) divulgou nesta sexta-feira, 26, que estuda formas de aprimorar as políticas de proteção do consumidor nas plataformas digitais frente aos anúncios veiculados pelas big techs, em parceria com o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar).

Representantes das duas instituições, além do Fórum da Autorregulação do Mercado Publicitário (Cenp) se reuniram em Brasília para debater as possibilidades de “estabelecer diretrizes” e promover “práticas publicitárias éticas”, segundo a secretaria.

Na ocasião, o secretário nacional do consumidor, Wadih Damous, destacou que a colaboração entre a Senacon e o Conar é fundamental. A pasta informa que foram discutidos temas como propaganda infantil, privacidade, segurança de dados, transparência e combate a práticas abusivas.

“Dentre os pontos abordados, destacou-se a necessidade de as plataformas fornecerem informações claras sobre práticas comerciais e a identificação e punição de empresas que utilizam táticas como publicidade enganosa e práticas comerciais desleais”, consta em nota da secretaria.

Propaganda enganosa

No início de maio a Senacon notificou o Google por propaganda enganosa. O caso ocorreu no dia em que a Câmara dos Deputados votaria o PL 2630/2020, conhecido como PL das Fake News, que responsabiliza as plataformas por conteúdo ilícito de usuários e a empresa publicou nota contrária à proposta de lei que, sem indicar os trechos problemáticos da matéria, afirmava que pioraria o cenário de desinformação nas redes.

A medida da secretaria surtiu efeitos e a empresa retirou o link que induzia usuários da plataforma de busca a acessar a nota em questão.

Desde a instauração de força-tarefa para combate à violência nas escolas, em abril deste ano, a Senacon atua em observação aos conteúdos anunciados nas plataformas digitais e aplica o Código de Defesa do Consumidor para abrir processos administrativos.

O post Senacon e Conar discutem regras para anúncios nas plataformas digitais apareceu primeiro em TeleSíntese.

Tags

Compartilhe

camara-aprova-projeto-que-amplia-incentivos-a-semicondutores,-paineis-fotovoltaicos-e-celulares
Câmara aprova projeto que amplia incentivos a semicondutores, painéis fotovoltaicos e celulares
cada-real-perdido-em-fraudes-custa-as-empresas-r$-3,59,-aponta-estudo 
Cada real perdido em fraudes custa às empresas R$ 3,59, aponta estudo 
vivo-cria-ia-generativa-para-assistente-do-atendente-de-call-center
Vivo cria IA Generativa para assistente do atendente de call center
ministro-chefe-do-gsi-estima-em-mais-de-r$-1-trilhao-prejuizo-do-pais-com-crimes-ciberneticos.
Ministro-chefe do GSI estima em mais de R$ 1 trilhão prejuízo do país com crimes cibernéticos.
extratos-bancarios-serao-padronizados-pelos-bancos-a-partir-de-8-de-julho
Extratos bancários serão padronizados pelos bancos a partir de 8 de julho
malware-contra-android-faz-espionagem-e-operacoes-de-ransomware
Malware contra Android faz espionagem e operações de ransomware
universidade-de-marilia-vai-construir-polo-tecnologico-especializado-em-ia
Universidade de Marília vai construir polo tecnológico especializado em IA
governo-federal-libera-credito-para-investimento-de-estados-e-municipios-em-transformacao-digital
Governo Federal libera crédito para investimento de estados e municípios em transformação digital
Além do Hype da IA: o que esperar do segundo semestre
PlayStation: jogos para PS4 e PS5 com até 90% de desconto