Impacto social: BHS integra o Pacto da ONU com ações de inclusão, diversidade e práticas ESG

A BHS agora integra o Pacto Global da ONU no Brasil com o compromisso de se alinhar suas estratégias e operações a dez princípios universais nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e anticorrupção. A BHS se junta a mais de 17 mil empresas, entidades e instituições mundiais, sendo quase duas mil no País, com o objetivo de tornar o mundo um local mais sustentável.

A participação da BHS nesse movimento é resultado de uma série padrões ESG – Environmental, Social and Governance, traduzido como melhores práticas ambientais, sociais e de governança, que já são adotados pela empresa mineira. A BHS é uma empresa que se preocupa com as pessoas e entende que é importante ter iniciativas mais gerais. A empresa oferece vários benefícios e oportunidades para os seus colaboradores, como cursos, palestras, oportunidades de crescimento, entre outras. Algumas ações e atividades são realizadas para criar cada vez mais um ambiente próximo e acolhedor sempre pensando no ambiente profissional e na sociedade. Um dos pilares mais bem avaliados pelo GPTW é a diversidade na BHS.

A BHS é certificada nas práticas ESG e sempre se preocupou em estar alinhada, levando sempre em consideração os impactos. Mesmo antes de compor o Pacto Global da ONU, a BHS já realizava ações no dia a dia da empresa e agora essas ações só aumentaram para colaborar cada vez mais. A BHS quer ampliar a sua atuação na questão humana, social e do meio ambiente.

“A adesão da BHS ao Pacto Global da ONU reforça práticas empresariais responsáveis e inclusivas no setor de tecnologia da informação. Ao se comprometer com os objetivos do Pacto, a empresa se une a outras organizações em todo o mundo na busca por um desenvolvimento sustentável e na promoção de um ambiente de negócios ético e justo”, afirma o CEO da BHS, André Xavier.

A Gerente de Marketing e Sucesso do Cliente e membro da CIPA, Elisa Teixeira, ressalta que a sociedade tem se voltado muito para o compromisso com o ESG – Environmental, Social and Governance e nada mais claro para a BHS, também assumir tal compromisso. “Estamos em um momento em que nossa visão está voltada não somente para a empresa, mas também para o legado que estamos deixando. A BHS assina o Pacto da ONU com a prerrogativa que todos os esforços serão feitos para criarmos, cada vez mais, uma sociedade mais justa e de igualdade. Já temos atuado dessa forma internamente com nossos colaboradores, em nossos processos seletivos e em apoio a projetos sociais, porém, enxergamos mais oportunidade e esse é só o começo de muitas ações qu e ainda buscaremos realizar nos próximos anos”, revela Elisa.

Uma iniciativa importante, cita o CEO da BHS, é a promoção da responsabilidade social, através do engajamento em projetos que contribuam para a melhoria da qualidade de vida das pessoas. A adesão ao Pacto Global da ONU é uma oportunidade para a BHS se tornar uma empresa referência em inclusão e diversidade no setor de tecnologia da informação, além de contribuir para a promoção de um mundo mais justo e sustentável. “A empresa trabalha em parceria com ONGs para promover a melhoria tecnológica, com o objetivo de garantir que elas tenham acesso às mesmas tecnologias e serviços do mundo corporativo”, acrescenta o CEO.

Mulheres e LGBTQIAP+

“Temos alguns pilares que orientam a forma como trabalhamos na BHS, o primeiro deles é Pessoas. Nesse sentido, ESG está presente no nosso dia a dia e em toda a jornada dos nossos B.Techers. Somos uma empresa que se preocupa com saúde mental e segurança psicológica e Diversidade, equidade e inclusão (DEI) é um elemento forte da nossa cultura. Temos vagas afirmativas, medimos a diversidade do nosso time e criamos um espaço de trabalho seguro para todas as pessoas. Por meio dessas medidas, nos últimos três anos, por exemplo, crescemos 79% o número de mulheres na empresa, quase 20% são do grupo LGBTQIAP+”, comemora a Gerente de Gestão de Pessoas da BHS, Deise Souza.

Na opinião da Gerente de Gestão de Pessoas, a BHS ser signatária do Pacto Global formaliza e explicita indica o compromisso da BHS para com a sociedade em que atuamos. “A partir das nossas ações de ESG, geramos impacto positivo no mundo e criamos um futuro cada vez mais sustentável”, finaliza.

Tags

Compartilhe

celulares-5g-custarao-r$-500,-diz-claro-na-tim,-e-hora-de-upsell.
Celulares 5G custarão R$ 500, diz Claro. Na TIM, é hora de upsell.
anatel-avalia-fazer-leiloes-de-espectro-em-2025,-2027-e-2029
Anatel avalia fazer leilões de espectro em 2025, 2027 e 2029
bets-ja-concorrem-com-telecom,-avaliam-operadoras
Bets já concorrem com telecom, avaliam operadoras
camara-aprova-projeto-que-amplia-incentivos-a-semicondutores,-paineis-fotovoltaicos-e-celulares
Câmara aprova projeto que amplia incentivos a semicondutores, painéis fotovoltaicos e celulares
cada-real-perdido-em-fraudes-custa-as-empresas-r$-3,59,-aponta-estudo 
Cada real perdido em fraudes custa às empresas R$ 3,59, aponta estudo 
vivo-cria-ia-generativa-para-assistente-do-atendente-de-call-center
Vivo cria IA Generativa para assistente do atendente de call center
ministro-chefe-do-gsi-estima-em-mais-de-r$-1-trilhao-prejuizo-do-pais-com-crimes-ciberneticos.
Ministro-chefe do GSI estima em mais de R$ 1 trilhão prejuízo do país com crimes cibernéticos.
extratos-bancarios-serao-padronizados-pelos-bancos-a-partir-de-8-de-julho
Extratos bancários serão padronizados pelos bancos a partir de 8 de julho
malware-contra-android-faz-espionagem-e-operacoes-de-ransomware
Malware contra Android faz espionagem e operações de ransomware
universidade-de-marilia-vai-construir-polo-tecnologico-especializado-em-ia
Universidade de Marília vai construir polo tecnológico especializado em IA