IA da Mitsubishi Electric leva a segurança dos motoristas a um novo patamar

A Mitsubishi Electric anunciou que, além de detectar se o motorista está sonolento ou distraído, a tecnologia Driver Monitoring System (DMS) será capaz de identificar e avaliar sinais vitais, como perda de consciência, frequência cardíaca, pressão arterial e outros dados biométricos a partir da coleta efetuada pela câmera com biossensor sem contato, que elimina a necessidade de um dispositivo de medição como um smartwatch.

O novo sistema usa a IA proprietária da Mitsubishi Electric para estimar dados biométricos e a tecnologia proprietária Maisart® AI para detectar alterações nos sinais vitais, mesmo quando a postura do motorista parece normal, sem qualquer sinal de desmaio ou outras mudanças corporais.

Tecnologia detecta mudanças internas

A Mitsubishi Electric tem trabalhado para desenvolver uma tecnologia de detecção baseada em mudanças nos dados biométricos que ocorrem quando os motoristas passam por certas emergências médicas.

A nova tecnologia se concentra em mudanças físicas que normalmente são causadas por doenças cardíacas, epilepsia e doenças cerebrovasculares, usando uma IA proprietária para estimar dados biométricos como ritmo, frequência e intensidade de pulso e mudanças na pressão sanguínea, coletadas com o uso da câmera DMS sem contato.

Pesquisa realizada no Japão, mas que pode ser aplicada a outros países, aponta que doenças cardíacas, epilepsia e doenças cerebrovasculares são as três principais causas médicas de acidentes de carro que frequentemente resultam em morte ou ferimentos graves.

Novo patamar na segurança veicular

As tecnologias de bordo já existentes utilizam uma câmera DMS para detectar alterações na postura que podem ser provocadas por um mal súbito, mas acredita-se que cerca de 50% dos motoristas que perdem a consciência permanecem em uma posição de direção ereta, sem qualquer alteração perceptível na forma como estão sentados no banco.

Isso exige uma abordagem diferente do método de detecção, como avaliação de variações mínimas no brilho da pele do rosto do motorista devido a mudanças no fluxo sanguíneo.

A tecnologia rastreia de forma confiável os movimentos faciais para determinar as mudanças no brilho da pele. Vários locais na face são monitorados para evitar leituras falsas devido à vibração do veículo, movimento do motorista e mudanças na luz ambiente, entregando um resultado com 97% de precisão.

Além disso, o alerta de alterações, em mais de 70% das ocorrências de mal súbito, é emitido em três segundos, o que faz com que o sistema de segurança veicular inicie prontamente medidas de prevenção de acidentes.

O objetivo é que as tecnologias ajudem a prevenir acidentes de alto risco, já que os inovadores sistemas de segurança, no momento que for detectada uma alteração física no motorista, automaticamente param o veículo na beira da estrada, proporcionando maior segurança.

A Mitsubishi Electric está trabalhando em parceria com universidades, coletando dados físicos de pacientes, de forma a avaliar e melhorar o sistema por meio de verificações combinando essas informações e testes de direção, com o objetivo de lançar comercialmente o sistema a partir de 2025.

Tags

Compartilhe

Polêmico jogo de guerra realista ganha data de lançamento no Steam
Amazon Prime Video: confira todas as estreias de junho no streaming
Galaxy S24 Ultra pode ter grande melhoria na câmera; veja mudanças
10 notícias de tecnologia para você começar o dia (02/06)
Blog
WhatsApp recebe multa milionária por não remover conteúdo proibido
Neurotech anuncia Felipe Grecco como novo CCO
IA para o mercado financeiro
Fujitsu anuncia Asif Poonja como CEO para região das Américas
Ciberataques são a pior ameaça para os governos no mundo em 2023
Santander Universidades oferece 75 mil bolsas de desenvolvimento de software em parceria com DIO
%d blogueiros gostam disto: